sicnot

Perfil

Cultura

Obra de Paula Rego "The Servant" vai ser leiloada em Lisboa

A obra em pastel e acrílico "The Servant", criada por Paula Rego em 1993-94, vai ser leiloada a 12 de abril, em Lisboa, pela Veritas Art Auctioneers, anunciou hoje a leiloeira.

Paula Rego

Paula Rego

AP

Trata-se do primeiro pastel de grande formato produzido pela artista, com 152 centímetros por 122, segundo a leiloeira, que não revela uma estimativa do preço da obra, mantendo-o ainda sob consulta.

Proveniente de uma coleção privada, a obra da pintora portuguesa radicada em Londres esteve exposta na Hayward Gallery, naquela cidade, em 1994, e no Museu de Arte Contemporânea (MAC) da Galiza, em 2014.

"The Servant" representa uma cena doméstica, onde o primeiro plano é ocupado por uma figura masculina segurando uma figura feminina enquanto esta vomita, e em segundo plano, por um pónei de brincar e pelo reflexo de um veado num espelho de grande dimensão, dando uma atmosfera de ambiguidade à cena.

No leilão estarão também obras de artistas como Joana Vasconcelos, com a obra "Agua Dulce, Agua Salé", de 2014, com uma estimativa de 20.000 a 30.000 euros.

Trata-se de uma escultura composta por chuveiros em aço inoxidável, croché em lã, poliéster, entre outros materiais.

Serão ainda levadas a este leilão um acrílico sobre papel, sem título, de 1982, criado por Miquel Barceló, com uma estimativa entre 30.000 e 40.000 euros, o guache sobre papel "Schwester Rosi/ Sister Rosi", de Georg Baselitz, de 1998, com uma estimativa de 20.000 a 30.000 euros.

"Yo Permanezco en mi Lugar" (2005-2010), uma escultura em alumínio produzida em molde de cera perdida, de Susy Gómez, vai com uma estimativa de 25.000 a 35.000 euros.

As obras vão estar expostas, a partir de quinta-feira, nas instalações da leiloeira, na avenida Elias Garcia, em Lisboa, até 11 de abril, e o leilão terá lugar a 12 de abril, terça-feira, pelas 21:00, no mesmo local.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15