sicnot

Perfil

Cultura

Omara Portuondo e Diego El Cigala atuam no Festival CoolJazz em julho

A cantora cubana Omara Portuondo vai atuar a 26 de julho em Portugal juntamente com o cantor espanhol Diego El Cigala, no âmbito do Festival CoolJazz, nos Jardins Marquês de Pombal, em Oeiras, anunciou a organização.

© Reuters Photographer / Reuter

No mesmo dia, acontecerá outro encontro em palco entre o músico português Luís Represas e o angolano Paulo Flores, com o espectáculo "Mestiço".

Omara Portuondo e Diego El Cigala, que já atuaram antes para o público português, regressam agora pela primeira vez juntos, no âmbito de uma digressão que celebra os 85 anos da cantora cubana, que integrou em tempos o coletivo Buena Vista Social Club.

O encontro de Diego El Cigala com Omara Portuondo aconteceu no verão passado nos Estados Unidos e "foi de tal forma intenso que sentiram a necessidade de se juntarem num trabalho único de música", afirma a promotora.

A 26 de julho, o cantor português Luís Represas e o músico angolano Paulo Flores mostrarão o projeto conjunto "Mestiço", com referências musicais a sembas, baladas, rumbas e boleros.

O 13º festival CoolJazz acontecerá ao longo do mês de julho e contará com nomes como Jill Scott, Marisa Monte, Cinematic Orchestra e Seal.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.