sicnot

Perfil

Cultura

Omara Portuondo e Diego El Cigala atuam no Festival CoolJazz em julho

A cantora cubana Omara Portuondo vai atuar a 26 de julho em Portugal juntamente com o cantor espanhol Diego El Cigala, no âmbito do Festival CoolJazz, nos Jardins Marquês de Pombal, em Oeiras, anunciou a organização.

© Reuters Photographer / Reuter

No mesmo dia, acontecerá outro encontro em palco entre o músico português Luís Represas e o angolano Paulo Flores, com o espectáculo "Mestiço".

Omara Portuondo e Diego El Cigala, que já atuaram antes para o público português, regressam agora pela primeira vez juntos, no âmbito de uma digressão que celebra os 85 anos da cantora cubana, que integrou em tempos o coletivo Buena Vista Social Club.

O encontro de Diego El Cigala com Omara Portuondo aconteceu no verão passado nos Estados Unidos e "foi de tal forma intenso que sentiram a necessidade de se juntarem num trabalho único de música", afirma a promotora.

A 26 de julho, o cantor português Luís Represas e o músico angolano Paulo Flores mostrarão o projeto conjunto "Mestiço", com referências musicais a sembas, baladas, rumbas e boleros.

O 13º festival CoolJazz acontecerá ao longo do mês de julho e contará com nomes como Jill Scott, Marisa Monte, Cinematic Orchestra e Seal.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.