sicnot

Perfil

Cultura

Funeral de Francisco Nicholson realiza-se esta quinta-feira

As cerimónias fúnebres do ator e encenador Francisco Nicholson têm início quarta-feira, na Basílica da Estrela, em Lisboa, de onde partirá o funeral, na quinta-feira, para o Cemitério do Alto São João, informou a agência funerária.

O corpo de Francisco Nicholson "estará em câmara ardente (...) a partir das 18:30, nas Capelas Exequiais da Basílica da Estrela", e, no dia seguinte, "pelas 10:00, terão início as exéquias fúnebres, seguindo o funeral para o Crematório do Cemitério do Alto São João em Lisboa", informou hoje, em comunicado, a agência Servilusa.

Francisco Nicholson morreu hoje, aos 77 anos, no hospital Curry Cabral, em Lisboa, na sequência de um transplante hepático que realizara há alguns anos, segundo a assessoria da Casa do Artista.

A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) manifestou "o seu pesar" pela morte do ator, "associado da cooperativa desde 1960 e seu cooperador desde 1973".

Nicholson foi membro da administração da SPA liderada por Luiz Francisco Rebello, de março de 1992 a julho de 2001, adiantou a cooperativa em comunicado.

Ator, encenador, dramaturgo, argumentista, Francisco António de Vasconcelos Nicholson nasceu em Lisboa a 26 de junho de 1938 e somou mais de 50 anos de carreira profissional.

Escreveu "Vila Faia", a primeira telenovela portuguesa, deu forma a "Riso e ritmo", programa pioneiro de comédia, na televisão, na década de 1960, e apostou na renovação do teatro de revista, com a cooperativa Adoque.

Em 2014 publicou o romance "Os mortos não dão autógrafos".

Lusa

  • Ator e dramaturgo Francisco Nicholson morreu aos 77 anos
    1:45

    Cultura

    Morreu Francisco Nicholson, uma das personalidades mais importantes da escrita e da representação em Portugal. O ator, dramaturgo, argumentista e encenador tinha 77 anos. As cerimónias fúnebres têm início amanhã na Basílica da Estrela, em Lisboa, de onde partirá o funeral, na quinta-feira, para o Cemitério do Alto São João.

  • DIRETO: Célula terrorista preparava grande atentado na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das vítimas mortais do atentado em Barcelona era de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. A polícia procura quatro jovens e há outras quatro detenções confirmadas. Os autores dos ataques na Catalunha, que mataram 14 pessoas e feriram 140, pertenciam ao mesmo grupo. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35

    Ataque em Barcelona

    Em Cambrils, também na Catalunha, foram mortos cinco alegados terroristas que atropelaram várias pessoas, uma morreu e seis ficaram feridas, quando escapavam a uma perseguição policial, esta madrugada. As autoridades investigam uma eventual relação entre os dois atentados. Nota: chamamos à atenção para a violência das imagens, que podem chocar os espetadores mais sensíveis.

  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55

    País

    As temperaturas altas e o vento forte estão a provocar reacendimentos em Mação. No terreno mantêm-se cerca de 800 bombeiros, numa altura que que há receio que as chamas voltem a ficar ativas, como explica o repórter Rui Carlos Teixeira.