sicnot

Perfil

Cultura

Flores comestíveis "brilham" em mostra gastronómica em Grândola

As flores comestíveis são as "estrelas" de uma mostra gastronómica de cozinha criativa que começa no sábado em 14 restaurantes de Grândola, no distrito de Setúbal, promovida pela câmara municipal, foi hoje divulgado.

Designada "Em Abril Flores Mil", a iniciativa, a realizar até ao dia 01 de maio, combina "arte e cultura culinária" e integra as comemorações do 42.º aniversário do 25 de Abril neste concelho do litoral alentejano.

"As comemorações do 25 de Abril contam pelo, segundo ano, com uma iniciativa esteticamente aliciante e desafiadora dos nossos palatos", referiu a autarquia.

A mostra gastronómica pretende explorar "a coincidência do símbolo" da Revolução de Abril "ser uma flor, o cravo vermelho, das celebrações anuais ocorrerem em plena primavera e das tendências da nova cozinha, que recorrem cada vez mais à inclusão de produtos novos, incluindo as flores comestíveis".

Um total de 14 restaurantes do concelho associou-se à iniciativa, permitindo a degustação de criações culinárias em que "brilham" as flores comestíveis.

Macarrão apimentado com flores, galo estufado em vinho tinto com arroz, cenoura vinagrete e flores, salada de vieiras com mistura de alfaces e flores acompanhada de espumante fresco ou sangria de vinho branco com ervas aromáticas e flores são algumas das iguarias que vão constar das ementas.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.