sicnot

Perfil

Cultura

"La forêt de Quinconces", produzido por Paulo Branco, na seleção oficial do Festival de Cannes

O filme "La forêt de Quinconces", do realizador Grègoire Leprince-Ringuet, produzido por Paulo Branco, foi escolhido para fazer parte da seleção oficial do Festival de Cannes, em França, que abre em maio.

© Yves Herman / Reuters

O filme, que é a única primeira obra francesa escolhida para a seleção oficial, à exceção da secção "Un certain regard", será exibido na secção "Sessões Especiais", anunciou hoje a produtora cinematográfica Alfama Filmes.

Esta é a 54.ª produção de Paulo Branco selecionada para o Festival, que se realiza na Riviera francesa. A anterior foi em 2014, "O quarto azul", de Mathieu Amalric.

O filme, adianta a produtora, é protagonizado pelo próprio realizador, e conta ainda com o desempenho das atrizaes Pauline Caupenne e Amandine Truffy.

"No filme, Grègoire Leprince-Ringuet interpreta Paul, um homem que jura não voltar a amar quando é deixado pela sua namorada. Para provar isto a si próprio, Paul persegue a bela Camille, com a intenção de a seduzir e abandonar. No entanto, Camille quer Paul só para ela e enfeitiça-o", adianta a Alfama Filmes.

Na semana passada foi também anunciada a selecção das curtas-metragens "Ascensão", de Pedro Peralta, e "Campo de víboras", de Cristèle Alves Meira, para a competição da Semana da Crítica, uma das secções paralelas do Festival de Cinema de Cannes.

"Ascensão" e "Campo de víboras" vão ser exibidos em Cannes, dias depois de terem estreia no festival de cinema IndieLisboa, que abriu na quarta-feira e decorre até 01 de maio.

A abertura do Festival de Cannes, a 11 de maio, ficará por conta do novo filme de Woody Allen, "Café society", uma comédia com Kristen Stewart e Jesse Eisenberg passada nos anos 1930.

Esta será a estreia mundial de "Café society", meses antes da estreia pela Amazon Studios, que adquiriu os direitos de distribuição.

Woody Allen, de 80 anos, regressa a Cannes, onde se estreou em 1979, com "Manhattan" e onde já apresentou mais de uma dezena de filmes fora de competição.

O Festival de Cinema de Cannes, cujo júri será presidido pelo realizador George Miller, decorrerá de 11 a 22 de maio.

O produtor Paulo Branco, de 65 anos, presidiu ao júri do Festival de Cinema de Lucca, em Itália, que decorreu este mês e é homenageado pelo Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires, que termina no próximo domingo.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas