sicnot

Perfil

Cultura

"La forêt de Quinconces", produzido por Paulo Branco, na seleção oficial do Festival de Cannes

O filme "La forêt de Quinconces", do realizador Grègoire Leprince-Ringuet, produzido por Paulo Branco, foi escolhido para fazer parte da seleção oficial do Festival de Cannes, em França, que abre em maio.

© Yves Herman / Reuters

O filme, que é a única primeira obra francesa escolhida para a seleção oficial, à exceção da secção "Un certain regard", será exibido na secção "Sessões Especiais", anunciou hoje a produtora cinematográfica Alfama Filmes.

Esta é a 54.ª produção de Paulo Branco selecionada para o Festival, que se realiza na Riviera francesa. A anterior foi em 2014, "O quarto azul", de Mathieu Amalric.

O filme, adianta a produtora, é protagonizado pelo próprio realizador, e conta ainda com o desempenho das atrizaes Pauline Caupenne e Amandine Truffy.

"No filme, Grègoire Leprince-Ringuet interpreta Paul, um homem que jura não voltar a amar quando é deixado pela sua namorada. Para provar isto a si próprio, Paul persegue a bela Camille, com a intenção de a seduzir e abandonar. No entanto, Camille quer Paul só para ela e enfeitiça-o", adianta a Alfama Filmes.

Na semana passada foi também anunciada a selecção das curtas-metragens "Ascensão", de Pedro Peralta, e "Campo de víboras", de Cristèle Alves Meira, para a competição da Semana da Crítica, uma das secções paralelas do Festival de Cinema de Cannes.

"Ascensão" e "Campo de víboras" vão ser exibidos em Cannes, dias depois de terem estreia no festival de cinema IndieLisboa, que abriu na quarta-feira e decorre até 01 de maio.

A abertura do Festival de Cannes, a 11 de maio, ficará por conta do novo filme de Woody Allen, "Café society", uma comédia com Kristen Stewart e Jesse Eisenberg passada nos anos 1930.

Esta será a estreia mundial de "Café society", meses antes da estreia pela Amazon Studios, que adquiriu os direitos de distribuição.

Woody Allen, de 80 anos, regressa a Cannes, onde se estreou em 1979, com "Manhattan" e onde já apresentou mais de uma dezena de filmes fora de competição.

O Festival de Cinema de Cannes, cujo júri será presidido pelo realizador George Miller, decorrerá de 11 a 22 de maio.

O produtor Paulo Branco, de 65 anos, presidiu ao júri do Festival de Cinema de Lucca, em Itália, que decorreu este mês e é homenageado pelo Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires, que termina no próximo domingo.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.