sicnot

Perfil

Cultura

"Old meets New" reúne obras inéditas de Paula Rego na Casa das Histórias

A exposição "Old meets New" vai reunir obras inéditas de Paula Rego, como as séries recentes inspiradas em "A relíquia" e "O primo Basílio", de Eça de Queirós, a partir de 25 de maio, na Casa das Histórias, em Cascais.

Paula Rego

Paula Rego

AP

Até 30 de outubro, estarão também nesta exposição a série sobre D. Manuel II, o último Rei de Portugal, criada em 2014, e o tríptico do mais recente autorretrato da artista, revelou à agência Lusa Catarina Alfaro, curadora da mostra.

Às séries de pintura "A relíquia" (2013) e "O primo Basílio" (2015), apresentadas pela primeira vez em Portugal, juntam-se ainda um conjunto de gravuras da autoria de Paula Rego, nomeadamente sobre a "Mutilação genital feminina" (2009) e a série de seis gravuras intitulada "Les planches courbes".

Esta última foi realizada a partir dos poemas do poeta francês Yves Bonnefoy, e serão apresentadas pela primeira vez no museu que representa a artista, a Casa das Histórias.

A exposição irá contar ainda com uma sala ocupada por parte do cenário criado pela pintora para a construção da série "O primo Basílio", apresentado numa articulação visual com as obras que a constituem, que vão estar numa sala ao lado.

Tal como em obras anteriores - como a tapeçaria "Alcácer-Quibir", de 1966, e na tela "Regicídio", de 1965 - nas quais a pintora escrutina alguns episódios da História de Portugal, o mesmo acontece na série "D. Manuel".

A artista "estabelece, também como ponto de partida narrativo para as suas novas séries de obras, os dramas morais e sociais construídos nos finais do século XIX pelo escritor português Eça de Queirós", explica Catarina Alfaro, num texto sobre a exposição.

"Estas novas ficções pictóricas, homónimas dos romances, passam por uma relação direta com a literatura próxima da crítica de costumes que, transmite também ela, o retrato político, social e psicológico da sociedade portuguesa", acrescenta.

A curadora ressalva, no entanto, que "o encontro com estas histórias contadas por Eça nunca se traduz, na obra de Paula Rego, numa tentativa de ilustrar a palavra, o romance".

"Não há dúvida que as suas pinturas partilham simbolicamente os lugares e personagens convocados por essas imagens literárias, mas há sobretudo e sempre uma intenção transformadora, assumida pela artista, que autonomiza as pinturas das histórias originais", aponta.

Paula Rego, 81 anos, foi distinguida em 2010 pela rainha Isabel II com o grau de Oficial da Ordem do Império Britânico, pela sua contribuição para as artes.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    Um sismo abalou esta manhã o centro de Itália, incluindo a capital, Roma, e outras localidades atingidas por uma série de tremores o ano passado.

    Em desenvolvimento

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • Acordo de concertação social assinado por todos os parceiros

    Economia

    Está assinado o acordo da Concertação Social que estipula a descida da TSU para as empresas como contrapartida do aumento do salário mínimo. Ao contrário do que é habitual, o momento não foi assinalado na sede do Conselho Económico e Social (CES), mas as assinaturas foram divulgadas no Twitter.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".