sicnot

Perfil

Cultura

Snoopy e amigos já têm museu em Tóquio

Um museu dedicado à obra de Charles Schulz, o criador de "Peanuts" vai abrir no sábado em Tóquio, juntando centenas de vinhetas, estátuas, fotografias e desenhos originais do autor.

Será a primeira exposição temporária a sair dos Estados Unidos, do museu oficial de Schulz na Califórnia. Estará patente no bairro turístico de Roppongi e vai receber 60 esboços originais do falecido artista, escolhidos pela sua mulher.

Snoopy e as outras personagens da história, um grupo de crianças algo contestatário, vão estar representados sob a forma de estatuetas, vinhetas ou fotografias.

O museu de Tóquio, que estará aberto até 2018, conta igualmente com uma cafetaria, chamada "blanket" - cobertor, o objeto preferido de Linus.

Doze artistas japoneses e norte-americanos, como a escritora Banana Yoshimoto e o poeta Shuntaro Tanigawa, escolheram os seus objetos favoritos ligados ao mundo de Snoopy a expor no museu, entre os quais peluches, bandas desenhadas ou peças de roupa.

A banda desenhada humorística de Schulz tornou-se numa das mais icónicas da segunda metade do século XX, ao ponto de Snoopy ter uma estrela no Passeio da Fama de Los Angeles e um dos seus companheiros, Charlie Brown, ter dado nome a um módulo lunar da nave espacial Apollo 10.

Lusa

  • "Peanuts" comemoram 65 anos
    2:08

    Cultura

    Charlie Brown, Snoopy e companhia fazem 65 anos. Os bonecos criados por Charles Schulz, que ficaram conhecidos por "Peanuts", perduraram depois da morte do criador. Para assinalar a data, estreia um filme em 3D, que chega a Portugal no Natal.