sicnot

Perfil

Cultura

Papa Wemba morreu enquanto atuava na Costa do Marfim

Papa Wemba morreu enquanto atuava na Costa do Marfim

Papa Wemba morreu ontem à noite em palco, quando atuava em Abidjan, na Costa do Marfim. O artista de 66 anos era um dos mais conhecidos da chamada world music. O músico congolês sofria de malária cerebral e esteve hospitalizado em fevereiro, em Paris. Conhecido como o Rei da Rumba congolesa, a sua carreira começou na década de 70. Em 2004, foi condenado a três meses de prisão por participar num esquema de imigração ilegal.

  • Músico congolês Papa Wemba morre em palco
    0:46

    Cultura

    O músico congolês Papa Wemba estava a atuar num concerto, na Costa do Marfim, quando subitamente interrompe a atuação e faz sinal aos assistentes de palco. De seguida acaba por perder os sentido e cair nos braços dos que os tentaram socorrer, sem sucesso. As bailarinas e os restantes elementos da banda aperceberam-se logo depois que o artista estava imóvel no centro do palco. O momento da morte ficou registado em vídeo. Papa Wemba, de 66 anos, era um nome de referência da worl music e considerado um dos músicos africanos mais influentes.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51