sicnot

Perfil

Cultura

Jodie Foster vai ter estrela no Passeio da Fama de Hollywood

A atriz e realizadora de cinema Jodie Foster receberá uma estrela na Passeio da Fama de Hollywood, em Los Angeles, no dia 04 de maio, informou hoje no Twitter a organizadora da cerimónia, Ana Martinez.

© Fred Prouser / Reuters

"Esperávamos já há muito tempo que fosse definida uma data para a estrela da Jodie Foster, estamos muito animados porque a hora chegou. É um grande modelo para as mulheres e estamos orgulhosos de adicionar a sua estrela no Passeio da Fama de Hollywood", refere Ana Martinez, num comunicado.

Jodie Foster, vencedora de dois óscares por "Acusados", em 1988, e por "O Silêncio dos Inocentes", em 1991, nasceu em Los Angeles em 1962 e o seu primeiro papel de relevância foi em "Alice Já Não mora Aqui", de 1974, realizado por Martin Scorsese.

A atriz será acompanhada na homenagem pela colega Kristen Stewart e por autoridades da cidade e da Câmara de Comércio de Hollywood.

LusaJodie Foster

  • Obras de Banksy vão a leilão nos EUA
    2:12

    Cultura

    Nos últimos anos Bansky tornou-se um dos mais célebres artistas urbanos. É conhecido pelos seus graffitis ilegais espalhados um pouco por todo o mundo e, no dia 29 de abril, alguns dos seus trabalhos vão a leilão em Hollywood nos Estados Unidos da América. Os especialistas acreditam que a valorização crescente da obra de Bansky está relacionada com o facto de ser anónimo. Estima-se que consigam render entre os 500 e os 900 mil euros.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48