sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o ceramista Querubim Lapa

Morreu Querubim Lapa. O artista plástico tinha 90 anos. Ficou conhecido sobretudo pelo trabalho como ceramista em Lisboa. É o autor dos painéis da pastelaria Mexicana, azulejos da avenida 24 de julho, estação de metropolitano da Bela Vista ou na reitoria da Universidade de Lisboa e no Banco de Portugal.

A 10 de Junho do ano passado foi condecorado pelo então Presidente da República, Cavaco Silva.

O atual chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou a perda do que diz ser um "nome maior da arte da cerâmica, com uma obra imensa".

Da parte do Governo, o ministro da Cultura considerou Querubim Lapa "um dos grandes artistas da terceira geração do modernismo português".

O corpo do artista vai estar em câmara ardente na Basílica da Estrela, em Lisboa, a partir das 17:00 de hoje.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão