sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o ceramista Querubim Lapa

Morreu Querubim Lapa. O artista plástico tinha 90 anos. Ficou conhecido sobretudo pelo trabalho como ceramista em Lisboa. É o autor dos painéis da pastelaria Mexicana, azulejos da avenida 24 de julho, estação de metropolitano da Bela Vista ou na reitoria da Universidade de Lisboa e no Banco de Portugal.

A 10 de Junho do ano passado foi condecorado pelo então Presidente da República, Cavaco Silva.

O atual chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou a perda do que diz ser um "nome maior da arte da cerâmica, com uma obra imensa".

Da parte do Governo, o ministro da Cultura considerou Querubim Lapa "um dos grandes artistas da terceira geração do modernismo português".

O corpo do artista vai estar em câmara ardente na Basílica da Estrela, em Lisboa, a partir das 17:00 de hoje.

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.