sicnot

Perfil

Cultura

Mariza vence prémio de melhor artista da revista britânica Songlines

A fadista Mariza venceu o prémio de melhor artista atribuído pela revista britânica Songlines, a propósito do álbum "Mundo", revelou a publicação.

STR

Na oitava edição dos prémios de música Songlines, Mariza estava nomeada na categoria de "Melhor Artista", juntamente com a cantora portuguesa Lura, a chilena Pascuala Ilabaca, o grupo Fauna e o músico senegalês Seckou Keita.

"Mariza regressou em 2015 com um álbum que mais do que uma reinvenção é uma extensão ousada do seu papel como representante global do fado", afirma a Songlines, a propósito de "Mundo", eleito pela revista um dos melhores discos do ano passado.

No entender da publicação, Mariza surge "não só como uma das melhores fadistas da sua geração, mas também como uma das mais carismáticas artistas do mundo, fazendo a ponte entre géneros populares e tradicionais de uma forma visionária".

Os prémios de música da Songlines repartem-se em sete categorias diferentes, cujos vencedores são escolhidos pelo público.

A propósito dos prémios, a Songlines organiza um concerto a 03 de outubro no Barbican Center, em Londres no qual atuarão Mariza e o guitarrista indiano Debashish Bhattacharya, outro dos artistas galardoados pela revista.

Lusa

  • Marcelo homenageia Mariza, Francis Obikwelu e Naide Gomes

    País

    O Presidente da República recebeu, esta tarde, os cumprimentos do corpo diplomático, no Palácio da Ajuda, em Lisboa. Na cerimónia estiveram presentes mais de 100 embaixadores e chefes de missão das diversas organizações internacionais. Marcelo Rebelo de Sousa convidou ainda três personalidades que quis homenagear: a cantora Mariza e os atletas Francis Obikwelu e Naide Gomes, que são portugueses que nasceram no estrangeiro e que têm dado um contributo para elevar o nome de Portugal além fronteiras. Para o chefe de Estado estes são exemplos que honram o país e que devem ser uma inspiração para todos.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC