sicnot

Perfil

Cultura

ASAE apreendeu 2 mil artigos alusivos aos AC/DC

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica anunciou hoje a apreensão de 2.000 artigos, no valor de cerca de 9.000 euros, que estavam a ser vendidos ilegalmente nas imediações do recinto onde decorreu o concerto dos AC/DC, em Lisboa.

PEDRO NUNES

No último fim de semana, elementos da Unidade Regional do Sul da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizaram uma operação de fiscalização nas imediações do concelho de Oeiras e no Passeio Marítimo de Algés, onde iria decorrer o concerto do grupo australiano AC/DC.

A operação teve como objetivo verificar as "condições legais de comercialização ambulante de produtos relacionados com o evento", adianta a ASAE em comunicado.

Na sequência da ação de fiscalização, foram instaurados três processos de contraordenação por infrações, nomeadamente a falta de marcação "CE" de conformidade em produtos elétricos, falta de licenciamento para a prática da atividade de venda ambulante e falta de rotulagem em língua portuguesa.

Foram ainda identificados nove pessoas de nacionalidade portuguesa, espanhola e polaca e sinalizadas duas viaturas de transporte de mercadorias, com matriculas estrangeiras, informa a ASAE.

Lusa

  • Fãs dos AC/DC garantem que foi um concerto memorável
    2:46

    Cultura

    Os AC/DC estrearam-se ontem à noite em Lisboa com Axl Rose como vocalista. Depois da polémica substituição de Brian Johnson pelo músico dos Guns'n'Roses e da corrida à devolução dos bilhetes, os fãs garantem que quem não foi ao concerto vai arrepender-se e falam num espetáculo memorável.

  • AC/DC gravam mensagem para fãs portugueses
    0:20

    Cartaz

    Os AC/DC atuam este sábado em Lisboa. A banda inicia, no Passeio Marítimo de Algés, a digressão europeia "Rock or Bust World Tour". Em Lisboa, os AC/DC sobem ao palco com Axl Rose, que substitui o vocalista Brian Johnson, afastado dos concertos por motivos de saúde. Nos ensaios, deixaram uma mensagem para os fãs portugueses.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06