sicnot

Perfil

Cultura

Cinema europeu pede clemência para cineasta iraniano condenado a 223 chicotadas

Mais de 30 grandes entidades cinematográficas europeias apelaram hoje ao Governo do Irão para conceder clemência a um jovem cineasta iraniano condenado a 223 chicotadas no país.

© Regis Duvignau / Reuters

Keywan Karimi, de 30 anos, arranjou problemas com os Guardas Revolucionários iranianos por causa de um documentário que filmou chamado "Writing on the City" ("Escrevendo na Cidade") sobre 'graffiti' na capital, Teerão.

"É totalmente inaceitável que pelo simples ato de expressar o seu olhar artístico e crítico, Karimi esteja na lista de artistas a quem a liberdade -- se não mesmo a própria vida -- foi roubada", escreveram os organismos numa carta aberta à República Islâmica.

Karimi passou 15 dias em solitária em 2013 e foi acusado de fazer "propaganda contra o regime" e de "insultar os valores religiosos".

Mas desde então, várias outras "ridículas acusações" foram adicionadas, entre as quais beber álcool, ter relações fora do casamento e fazer pornografia, disse o vanguardista cineasta à agência de notícias francesa AFP na semana passada.

"Eu só estava a filmar o que estava a ser escrito nas paredes de Teerão", disse o jovem realizador, pertencente à minoria curda do país.

Karimi foi condenado a seis anos de prisão em 2015, mas, após um apelo internacional em que aclamados cineastas iranianos como Jafar Panahi e Mohsen Makhmalbaf se uniram para o defender, cinco anos da pena foram suspensos.

Contudo, a ameaça das 223 chicotadas não foi retirada, e as autoridades prisionais estão agora a exigir que a punição seja executada.

"Não sou um ativista político, não estou a ser mandado para a prisão porque me oponho ao regime, mas porque sou um cineasta", disse Karimi à AFP numa entrevista por telefone.

"Escrevendo na Cidade" tem sido, desde então, exibido em festivais de cinema em França, Espanha e Suíça e, entretanto, Karimi continuou a trabalhar noutro projeto de filme.

"Estou à espera que me venham buscar. O apoio que tenho recebido ajuda a combater a solidão, e a solidariedade do mundo do cinema também me aquece o coração", acrescentou.

Lusa

  • Top Gun faz 30 anos
    2:34

    Cultura

    Top Gun estreou no cinema há 30 anos. O filme que lançou Tom Cruise na fama mundial foi um dos maiores êxitos de sempre. O tema dos Berlin "Take My Breath Away", composto por Giorgio Moroder, ganhou um Óscar de melhor canção original. Realizado por Tony Scott, o filme retrata a formação de um piloto da Marinha norte-americana. Tom Cruise e o produtor Jerry Bruckheimer querem lançar uma sequela em janeiro de 2017.

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.