sicnot

Perfil

Cultura

Museu de Arte Antiga exibe autorretrato de Dürer da coleção do Prado

O autorretrato do artista alemão Albrecht Dürer (1471-1528) cedido pelo Museu do Prado, em Madrid, vai estar em exibição no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, a partir de quarta-feira, anunciou hoje a entidade.

Museu del Prado

A inauguração da exposição está prevista para as 12:00 no MNAA, onde será apresentada esta obra em óleo sobre madeira criada em 1498, uma das mais destacadas imagens do artista, conhecido por deixar um importante conjunto de autorretratos.

Nascido em Nuremberga, em 1471, Albrecht Dürer era filho de um ourives de origem húngara e os seus retratos a óleo encontram-se dispersos por museus como o Louvre de Paris, de 1493, e a Alte Pinakothek de Munique, datado de 1500.

Nesta obra vinda do Prado para o MNAA, Dürer representou-se aos 27 anos de idade, em pose elegante a três quartos, ligeiramente apoiado no parapeito de uma janela aberta sobre um vale, recortado no sopé de uma cordilheira de cumes nevados.

Além das pinturas, Albrecht Dürer deixou longos apontamentos autobiográficos escritos ao longo da vida oferecem, segundo os especialistas, uma das mais completas imagens de um artista do Renascimento europeu.

A apresentação da obra vai estar a cargo de Alejandro Vergara, conservador do Museu do Prado, em Madrid, que cedeu o autorretrato em troca do tríptico "Tentações de Santo Antão", da coleção do MNAA, para ser exibido na grande exposição dedicada a Hieronymus Bosch (1450-1516) que inaugura a 31 de maio.

"Tentações de Santo Antão", a obra mais importante da coleção de pintura europeia do MNAA, vai figurar entre os 25 quadros de Hieronymus Bosch (1450-1516), ou a ele atribuídos, que a exposição "El Bosco: La exposición del centenário" apresentará no Museu do Prado, a partir de 31 de maio.

Lusa

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.