sicnot

Perfil

Cultura

Carta escrita por Cristóvão Colombo em 1493 devolvida a Itália

A carta escrita por Cristóvão Colombo em 1493 sobre a sua viagem para a América, que tinha sido roubada em Florença, foi hoje devolvida a Itália, depois de ter sido descoberta na biblioteca do congresso dos Estados Unidos.

Domenico Stinellis

"500 anos depois de ter sido escrita, a carta fez a mesma viagem", disse o ministro da cultura italiano, Dario Franceschini, numa cerimónia em Roma que assinalou a entrega da missiva, agradecendo a cooperação das autoridades norte-americanas por terem devolvido "o documento precioso".

Cristóvão Colombo escreveu a carta durante sua viagem de regresso à Europa, um ano depois de ter desembarcado nas Américas pensando que tinha chegado à Índia (1492).

A carta, datada de 1493, foi escrita em espanhol e dirigida aos reis de Espanha Fernando e Isabel, que financiaram a viagem, tendo sido depois traduzida para latim e feitas 11 cópias.

Uma dessas cópias foi roubada da biblioteca Riccardiana, em Florença, e substituída por uma carta falsificada.

Segundo a investigação, um colecionador anónimo vendeu a carta a um alfarrabista de Nova Iorque em 1990, que a revendeu dois anos depois num leilão a um comprador que a doou à biblioteca do congresso em Washington.

A carta roubada vai regressar à biblioteca de Florença.

Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Obama encurta pena de delatora do Wikileaks
    1:45
  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.