sicnot

Perfil

Cultura

Adele assina contrato de 117 milhões de euros com a Sony

A cantora britânica Adele assinou um contrato com a Sony Music no montante de 90 milhões de libras (117 milhões de euros), um dos maiores contratos alguma vez assinados, segundo a imprensa britânica.

A revista norte-americana Rolling Stone, que colocou Adele na capa numa das últimas edições, fala num regresso discográfico "triunfante"

A revista norte-americana Rolling Stone, que colocou Adele na capa numa das últimas edições, fala num regresso discográfico "triunfante"

Jonathan Short

A artista de 28 anos foi contactada pela Sony quando o contrato com sua anterior editora - a independente XL Recordings - expirou depois do álbum "25", que saiu no ano passado.

O contrato com a Sony prevê a entrega de vários álbuns, segundo o jornal Guardian, que não especifica o número. "Nós assegurámos os serviços de Adele", declarou anteriormente ao jornal The Sun uma fonte interna da Sony Music, citada segunda-feira pelo tablóide. "O acordo está a ser concluído pela nossa editora Columbia, nos Estados Unidos, e chega a 90 milhões de libras", precisou a mesma fonte.

A título de comparação, em 2002, o cantor britânico Robbie Williams e a editora EMI fecharam um contrato de 80 milhões de libras (104 milhões de euros), um ano após a assinatura de um acordo de 70 milhões de libras (91 milhões de euros) entre a cantora Whitney Houston e a Arista Records.

Adele - que revelou domingo o videoclipe da canção "Send my Love (To your new lover)"- é a artista que vendeu mais discos no mundo em 2015 com o seu terceiro álbum "25" e, em particular, com a balada "Hello", segundo a Federação Internacional da Indústria Discográfica, que não revela números precisos.

Entre as várias gravações da sua autoria, a cantora chegou a mil milhões de visualizações no Youtube com "Hello" em apenas 88 dias.

  • Os dias de Adele em Portugal
    4:59

    Cartaz

    Adele deu dois concertos em Lisboa e levou mais de 37 mil pessoas ao Meo Arena. A cantora britânica esgotou a sala do Parque das Nações no sábado e no domingo. Na capital, Adele aproveitou para assistir ao concerto de Bruce Springsteen, no Rock in Rio e levou o filho ao Jardim Zoológico.

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.