sicnot

Perfil

Cultura

Primeira edição da ARCOLisboa começa hoje com 45 galerias

A primeira edição da ARCOLisboa - Feira Internacional de Arte Contemporânea tem hoje início, com a presença de 45 galerias de oito países, 18 delas portuguesas, e decorre na Cordoaria Nacional até domingo.

Com organização da responsabilidade da Institución Ferial de Madrid (Ifema - Feria de Madrid), organizadora da ARCO Madrid, que fez em fevereiro 35 anos de existência, a ARCOLisboa abre hoje para profissionais e, na quinta-feira, ao público em geral.

O certame será ponto de encontro de galeristas, artistas, colecionadores, curadores, além do público interessado na arte contemporânea, e ficará aberto das 12:00 às 20:00, e até às 18:00, no domingo.

A ARCOLisboa efetuará um percurso das correntes do século XX, até ao presente, através de obras de artistas como Joaquin Torres Garcia, Mario Merz, Dan Graham, Robert Barry, Julian Opie, Julião Sarmento, Joana Vasconcelos, Pedro Cabrita Reis, Juan Luis Moraza, Ignasi Aballí, Maria Loboda, Felipe Arturo, João Maria Gusmão e Pedro Paiva.

Também estarão representados os artistas do universo lusófono como Ana Jotta, Ana Vidigal, Manuela Marques, Carlos Bunga, Mário Macilau, Carlos Lobo, Vasco Araújo e Pedro Cabrita Reis.

No programa da ARCOLisboa está previsto um Fórum de Colecionismo e um Fórum de Instituições, abertos ao público, que terão lugar no espaço Torreão Nascente da Cordoaria, com a participação, entre outros, dos colecionadores Miguel Leal Rios e Armando Cabral.

Está também previsto um programa de visitas a vários museus de Lisboa, nomeadamente o Museu Coleção Berardo, o Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Museu Nacional de Arte Antiga, entre outros

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.