sicnot

Perfil

Cultura

Primeira edição da ARCOLisboa começa hoje com 45 galerias

A primeira edição da ARCOLisboa - Feira Internacional de Arte Contemporânea tem hoje início, com a presença de 45 galerias de oito países, 18 delas portuguesas, e decorre na Cordoaria Nacional até domingo.

Com organização da responsabilidade da Institución Ferial de Madrid (Ifema - Feria de Madrid), organizadora da ARCO Madrid, que fez em fevereiro 35 anos de existência, a ARCOLisboa abre hoje para profissionais e, na quinta-feira, ao público em geral.

O certame será ponto de encontro de galeristas, artistas, colecionadores, curadores, além do público interessado na arte contemporânea, e ficará aberto das 12:00 às 20:00, e até às 18:00, no domingo.

A ARCOLisboa efetuará um percurso das correntes do século XX, até ao presente, através de obras de artistas como Joaquin Torres Garcia, Mario Merz, Dan Graham, Robert Barry, Julian Opie, Julião Sarmento, Joana Vasconcelos, Pedro Cabrita Reis, Juan Luis Moraza, Ignasi Aballí, Maria Loboda, Felipe Arturo, João Maria Gusmão e Pedro Paiva.

Também estarão representados os artistas do universo lusófono como Ana Jotta, Ana Vidigal, Manuela Marques, Carlos Bunga, Mário Macilau, Carlos Lobo, Vasco Araújo e Pedro Cabrita Reis.

No programa da ARCOLisboa está previsto um Fórum de Colecionismo e um Fórum de Instituições, abertos ao público, que terão lugar no espaço Torreão Nascente da Cordoaria, com a participação, entre outros, dos colecionadores Miguel Leal Rios e Armando Cabral.

Está também previsto um programa de visitas a vários museus de Lisboa, nomeadamente o Museu Coleção Berardo, o Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Museu Nacional de Arte Antiga, entre outros

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.