sicnot

Perfil

Cultura

Johnny Depp proibido de se aproximar da mulher que o acusa de violência

O ator norte-americano Johnny Depp foi hoje proibido por um tribunal de Los Angeles, Estados Unidos, de se aproximar da mulher, a atriz Amber Heard, que pediu o divórcio e o acusou de violência doméstica.

© Rafael Marchante / Reuters

Segundo um porta-voz do tribunal de Los Angeles, o "juiz emitiu uma ordem", a pedido da atriz de 30 anos, que proíbe o Johnny Depp de se aproximar da mulher.

A atriz, que apareceu hoje no tribunal com nódoas negras na cara, pediu o divórcio e uma pensão de alimentos no início da semana, após 15 meses de casamento.

Johnny Depp encontra-se em Lisboa para atuar no Rock in Rio com a banda de que faz parte, os Holywood Vampires.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".