sicnot

Perfil

Cultura

Johnny Depp proibido de se aproximar da mulher que o acusa de violência

O ator norte-americano Johnny Depp foi hoje proibido por um tribunal de Los Angeles, Estados Unidos, de se aproximar da mulher, a atriz Amber Heard, que pediu o divórcio e o acusou de violência doméstica.

© Rafael Marchante / Reuters

Segundo um porta-voz do tribunal de Los Angeles, o "juiz emitiu uma ordem", a pedido da atriz de 30 anos, que proíbe o Johnny Depp de se aproximar da mulher.

A atriz, que apareceu hoje no tribunal com nódoas negras na cara, pediu o divórcio e uma pensão de alimentos no início da semana, após 15 meses de casamento.

Johnny Depp encontra-se em Lisboa para atuar no Rock in Rio com a banda de que faz parte, os Holywood Vampires.

Lusa

  • "Vejam a cor da seara: a parte mais amarela é provocada pelo stress"
    2:20
  • Rogério Alves "perplexo" com nomeação de Elina Fraga
    1:52

    País

    O antigo bastonário da Ordem dos Advogados, Rogério Alves, admite que ficou "perplexo" com a escolha de Elina Fraga para vice-presidente do PSD. Em entrevista ao DN e à TSF Rogério Alves acusa a também ex-bastonária de defender sempre o contrário do PSD e de se opor à modernização e simplificação da justiça.

  • "Matavam as crianças a tiro", os relatos de rohingyas que fugiram de Myanmar
    2:02
  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39