sicnot

Perfil

Cultura

Quadros de Maria Helena Vieira da Silva e José Malhoa vão a leilão

Os quadros a óleo "Fête foraine", de Maria Helena Vieira da Silva, e "Na horta", de José Malhoa, vão à praça a partir de terça-feira num leilão organizado pelo Palácio do Correio Velho, em Lisboa.

De acordo com a leiloeira, um total de 1.071 lotes vão ser apresentados neste leilão, a realizar entre 31 de maio e 03 de junho, com peças desde pintura, escultura, porcelana, numismática, livros raros e mobiliário.

Em destaque, na pintura estarão "Fête foraine" (1959), um óleo sobre tela de Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992), que irá à praça por um valor base de 60.000 euros, e "Na horta" (1924), óleo sobre tela colada sobre madeira, de José Malhoa (1855-1933), por 40.000 euros.

No leilão, vão ainda ser apresentadas obras de arte moderna e contemporânea de Abel Salazar, Alda Machado, Almada Negreiros, Alves Cardoso, Antoni Clavé, Areal, Botelho, Calvet, Cargaleiro, Cesariny, Condeixa, Contente, Cutileiro, Dórdio Gomes, Falcão Trigoso, Higino Mendonça, Hogan, João Vaz, Joaquim Rodrigo, José de Guimarães, Júlio Pomar, Machado De Castro, Manuel Rosé, Menez, Morgado De Setúbal, Nikias Skapinakis, Roque Gameiro e Silva Porto, entre outros.

Também vão a leilão, entre outras obras de artes decorativas, um painel de azulejos D. João V, da primeira metade do século XVIII, por 30.000 euros, e um biombo chinês da primeira metade do século XIX, por 15.000 euros.

As peças são provenientes, entre outras, da Coleção de António e Isabel Melo e da Coleção Família Nobre Guedes, descendentes dos Condes de Marim, de Alte e de Selir, indica o Palácio do Correio Velho.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Governo garante que programa de ajuda alimentar será executado em 2017
    2:56

    País

    O Governo não executou o programa europeu que, no ano passado, apoiou 400 mil portugueses e é acusado de ter desperdiçado este ano 28 milhões de euros em ajuda alimentar. O ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva, garante que o programa será executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação.

  • Sol e calor teimam em ficar para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47