sicnot

Perfil

Cultura

Raduan Nassar vence Prémio Camões 2016

O brasileiro Raduan Nassar é o vencedor do Prémio Camões 2016. O anúncio foi feito esta segunda-feira numa conferência de imprensa com o secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado. Filho de imigrantes libaneses, Nassar nasceu na região de São Paulo, no Brasil, em 1935. Estreou-se na literatura aos 30 anos com a obra "Lavoura Arcaica". Raduan Nassar tem 80 anos e há mais de três décadas que evita as câmaras, os fotógrafos e as entrevistas. Nos anos 80, abandonou a literatura e tornou-se fazendeiro. Tem livros traduzidos em países como Espanha, França e Alemanha e é considerado um dos maiores estilistas da língua portuguesa.

Facebook

O júri desta 28.ª edição do Prémio Camões foi constituído pela professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Paula Mourão, pelo escritor português Pedro Mexia, pela escritora e professora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Flora Sussekind, pelo escritor e professor da Universidade Federal de Minas Gerais Sérgio Alcides do Amaral, pelo reitor da Universidade Politécnica de Maputo, Lourenço do Rosário, e pela professora da Faculdade de Letras de Lisboa e da Universidade de Macau Inocência Mata, natural de S. Tomé e Príncipe.

O Prémio Camões, no valor de 100 mil euros, foi instituído por Portugal e pelo Brasil em 1988, e atribuído pela primeira vez em 1989, ao escritor Miguel Torga (1907-1995). No ano passado, foi distinguida a escritora portuguesa Hélia Correia.

Com Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.