sicnot

Perfil

Cultura

Benjamin Clementine regressa esta semana a Portugal

O músico britânico Benjamin Clementine regressa esta semana a Portugal, depois de uma série de concertos esgotados em 2015, desta vez acompanhado de uma banda maior, para atuações em Lisboa, Porto e Coimbra.

M\303\201RIO CRUZ

O músico estará na quarta-feira no Coliseu de Lisboa, na quinta-feira, no coliseu do Porto e, na sexta-feira, no renovado Convento São Francisco, em Coimbra, onde o concerto já está esgotado.

Neste regresso, Benjamin Clementine estará acompanhado de uma formação alargada com um quarteto de cordas, bateria e contrabaixo. O músico voltará a estar ao piano.

Músico autodidacta, Benjamin Clementine esteve pela primeira vez em Portugal, no verão passado, no festival Super Bock Super Rock, meses depois de ter editado o álbum de estreia, "At least for now".

No final do ano, deu outros cinco concertos, todos esgotados, em Braga, Aveiro, Porto, Lisboa e Faro.

"At least for now" valeu a Benjamin Clementine, 27 anos, o Mercury Prize 2015, atribuído pela indústria fonográfica britânica.

O músico e poeta nasceu em Londres e, aos 16 anos, saiu de casa. Nesse processo de independência, Benjamin Clementine viu-se, ainda antes dos vinte anos, em errância em Paris, onde chegou a dormir na rua e a tocar em estações de metro, até ter sido descoberto por uma pessoa ligada à música.

Em 2013, editou o EP "Cornerstone", seguido, em 2014, do EP "Glorious You". O primeiro álbum, que inclui temas como "Condolence", "London" e "Nemesis", saiu em 2015.

Participou ainda no álbum "Encores", do músico francês Charles Aznavour, 92 anos, que Benjamin Clementine descreveu como "um deus".

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.