sicnot

Perfil

Cultura

Jimmy Page nega plágio dos acordes iniciais de "Stairway to Heaven"

Jimmy Page, o guitarrista dos Led Zeppelin, vai continuar a testemunhar no julgamento do caso de plágio, no qual a banda britânica está acusada de roubar de outra banda os acordes iniciais da tão conhecida música "Stairway to Heaven". O processo alega que os Led Zeppelin copiaram os acordes da música "Taurus" de 1967 da banda norte-americana Spirit.

© Suzanne Plunkett / Reuters

No tribunal, Page de 72 anos disse que não se lembra de ouvir "Taurus" até recentemente, depois de terem sido feitas comparações entre as duas canções.

O músico britânico testemunhou que não se lembra de ter aberto o concerto dos Spirit em Denverin em 1968 - naquele que foi o primeiro concerto dos Led Zeppelin no Estados Unidos da América -, e disse ainda que nunca tinha visto a banda norte-americana ao vivo.

O processo foi trazido por Michael Skidmore, o administrador judicial do guitarrista dos Spirit e compositor de "Taurus", Randy Wolfe.

Wolfe, também conhecido por Randy California, morreu afogado no Ocenao Pacífico em 1997.

O advogado dos Led Zeppelin, Peter Anderson, disse hoje em tribunal que os acordes em questão não eram únicos: "Ninguém é dono das notas musicais".

O julgamento vai continuar, onde Robert Plant, o vocalista dos Led Zeppelin, é esperado testemunhar sobre o caso.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.