sicnot

Perfil

Cultura

Guitarra de Prince e cabelo de David Bowie vendidos por mais de 150.000 dólares

A guitarra de Prince "Yellow Cloud" e uma mecha de cabelo de David Bowie foram vendidas por mais de 150.000 dólares num leilão no sábado em Berverly Hills, foi hoje anunciado.

Prince

Prince

© Mike Blake / Reuters

A guitarra de cor amarela, que era o instrumento preferido do cantor no final dos anos 80 e no início dos anos 90, foi vendida por 137.500 dólares. Segundo informações não confirmadas, o comprador terá sido Jim Irsay, proprietário da equipa de futebol Indianapolis Colts.

Uma mecha dos cabelos louros de David Bowie foi vendida por 18.750 dólares, segundo a empresa Heritage Auctions que organizou o leilão em Los Angeles.

A Heritage Auctions precisou que esta pequena mecha de cabelos louros atados com um fio azul era de uma antiga empregada do museu de cera Madame Tussauds de Londres.

Esta antiga empregada foi encarregada de recriar o cabelo de David Bowie em 1983 para a sua estátua de cera e tinha guardado a mecha como recordação.

O cantor britânico morreu em janeiro último devido a um cancro, que conseguiu esconder do público até ao fim, um dia depois de fazer 69 anos.

Em relação a Prince, morreu repentinamente com 57 anos em 21 de abril sem filhos e não deixou qualquer testamento. Um mandatário foi encarregado de administrar a fortuna do cantor enquanto se espera por uma clarificação da ordem de sucessão do cantor, que tinha uma irmã e cinco meios-irmãos.

No final dos anos 80, Prince foi raramente fotografado com a guitarra amarela. "Esta peça é tão única como o piano de Beethoven ou o saxofone de John Coltrane", declarou Garry Shrum, diretor de recordações musicais da Heritage Auctions.

O cantor utilizou-a em estúdio, em vídeos e em concertos antes da mesma se partir durante uma emissão transmitida pela televisão em França em 1994.

A guitarra foi arranjada mas depois reservada para registos em estúdio e tornou-se no símbolo das últimas canções de Prince.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • Furacão Maria já causou pelo menos nove mortes

    Mundo

    O furacão Maria já causou pelo menos nove mortos durante a sua passagem pelas Antilhas Menores, tendo baixando para uma tempestade de grau três depois de atravessar Porto Rico, segundo as autoridades.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC