sicnot

Perfil

Cultura

Guitarra de Prince e cabelo de David Bowie vendidos por mais de 150.000 dólares

A guitarra de Prince "Yellow Cloud" e uma mecha de cabelo de David Bowie foram vendidas por mais de 150.000 dólares num leilão no sábado em Berverly Hills, foi hoje anunciado.

Prince

Prince

© Mike Blake / Reuters

A guitarra de cor amarela, que era o instrumento preferido do cantor no final dos anos 80 e no início dos anos 90, foi vendida por 137.500 dólares. Segundo informações não confirmadas, o comprador terá sido Jim Irsay, proprietário da equipa de futebol Indianapolis Colts.

Uma mecha dos cabelos louros de David Bowie foi vendida por 18.750 dólares, segundo a empresa Heritage Auctions que organizou o leilão em Los Angeles.

A Heritage Auctions precisou que esta pequena mecha de cabelos louros atados com um fio azul era de uma antiga empregada do museu de cera Madame Tussauds de Londres.

Esta antiga empregada foi encarregada de recriar o cabelo de David Bowie em 1983 para a sua estátua de cera e tinha guardado a mecha como recordação.

O cantor britânico morreu em janeiro último devido a um cancro, que conseguiu esconder do público até ao fim, um dia depois de fazer 69 anos.

Em relação a Prince, morreu repentinamente com 57 anos em 21 de abril sem filhos e não deixou qualquer testamento. Um mandatário foi encarregado de administrar a fortuna do cantor enquanto se espera por uma clarificação da ordem de sucessão do cantor, que tinha uma irmã e cinco meios-irmãos.

No final dos anos 80, Prince foi raramente fotografado com a guitarra amarela. "Esta peça é tão única como o piano de Beethoven ou o saxofone de John Coltrane", declarou Garry Shrum, diretor de recordações musicais da Heritage Auctions.

O cantor utilizou-a em estúdio, em vídeos e em concertos antes da mesma se partir durante uma emissão transmitida pela televisão em França em 1994.

A guitarra foi arranjada mas depois reservada para registos em estúdio e tornou-se no símbolo das últimas canções de Prince.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.