sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o escritor futurista Alvin Toffler

O escritor futurista norte-americano Alvin Toffler, autor de livros como a "Terceira Vaga" que inspiraram líderes mundiais, morreu em sua casa em Los Angeles, aos 87 anos, anunciou na quarta-feira a sua empresa de consultadoria.

© Phil McCarten / Reuters

Segundo um comunicado da Toffler Associates, o autor morreu segunda-feira. Não foi dada informação sobre a causa de morte.

No seu livro mais famoso, "Future Shock", publicado em 1970, Alvin Toffler falou sobre as mudanças sociais esperadas para o mundo.

Durante a sua carreira, previu corretamente vários desenvolvimentos económicos e tecnológicos, incluindo a clonagem, o casamento homossexual e a aceleração na transmissão de informação.

"Muitas daquelas previsões foram confirmadas e a tese central do seu trabalho, que uma nova economia baseada no conhecimento substituiria a era industrial, provou estar correta", escreve, no comunicado, a sua empresa de consultadoria.

Publicado em 50 países, o "Future Shock" vendeu 15 milhões de exemplares.

Em Portugal, o autor é mais conhecido pela "Terceira Vaga".

Lusa

  • "Estamos a investir na nossa própria desgraça"
    0:37
  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43