sicnot

Perfil

Cultura

Souto Moura finalista em concurso para reabilitar Museu do Prado

O arquiteto português Eduardo Souto Moura faz parte de uma das oito equipas finalistas do concurso para a reabilitação do Museu do Prado, em Madrid.

Exterior do Salão dos Reinos / Museu do Prado

Exterior do Salão dos Reinos / Museu do Prado

O Conselho de curadores do Museu do Prado aprovou na terça-feira as contas anuais de 2015 e revelou a lista dos oito finalistas do concurso para reralizar a obra de reabilitação do Salão dos Reinos.

O arquiteto português aparece ao lado de arquitetos internacionais com uma experiência reputada na reabilitação de edifícios antigos e sua transformação em museus modernos, como Norman Foster ou Rem Koolhaas que, assim como Souto Moura, também já ganharam os prémios Pritzker (considerados o Nobel da arquitetura internacional).

O Museu do Prado pretende "a seleção de uma equipa de arquitetura, a partir da melhor proposta arquitetónica apresentada, que permita a recuperação do Salão dos Reinos e ofereça ao Museu do Prado um espaço de exposição alternativo, de alta qualidade, para apresentação dos destaques da sua coleção e desenvolvimento de um programa específico de exposições sobre questões-chave da história e património histórico espanhol".

As oito equipas selecionadas (entre 47), por ordem de registo no concurso, são:

Cruz y Ortiz Arquitectos;
Nieto Sobejano Arquitectos;
UTE B720 Arquitectura-David Chipperfield Architects;
Office for Metropolitan Architecture (O.M.A.) Stedebouw B.V.;
UTE Souto Moura Arquitectos - Juan Miguel Hernández León - Carlos de Riaño Lozano;
UTE Foster + Partners-- Rubio Arquitectura;
UTE Garces de Seta Bonet Arquitectes - Pedro Feducci Canosa;
UTE Gluckman Tang Architects - Estudio Álvarez Sala --Arquitectura Enguita y Lasso de la Vega.

Estes oito finalistas poderão apresentar as suas propostas até 30 de outubro próximo e o júri tomará a decisão até ao fim do ano.

A obra tem um orçamento previsto de 1.756.315 euros e o projeto aumentará o espaço do museu entre 4.300 e 5.800 m2.

O Museu do Prado é o mais importante de Espanha e um dos mais conhecidos em todo o mundo.

Eduardo Souto Moura formou-se na Escola de Belas Artes do Porto e começou a sua carreira no atelier de Álvaro Siza Vieira.

O reconhecimento internacional de Souto Moura teve o seu auge em 2011, quando ganhou o conhecido Prémio Pritzker.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25