sicnot

Perfil

Cultura

Souto Moura finalista em concurso para reabilitar Museu do Prado

O arquiteto português Eduardo Souto Moura faz parte de uma das oito equipas finalistas do concurso para a reabilitação do Museu do Prado, em Madrid.

Exterior do Salão dos Reinos / Museu do Prado

Exterior do Salão dos Reinos / Museu do Prado

O Conselho de curadores do Museu do Prado aprovou na terça-feira as contas anuais de 2015 e revelou a lista dos oito finalistas do concurso para reralizar a obra de reabilitação do Salão dos Reinos.

O arquiteto português aparece ao lado de arquitetos internacionais com uma experiência reputada na reabilitação de edifícios antigos e sua transformação em museus modernos, como Norman Foster ou Rem Koolhaas que, assim como Souto Moura, também já ganharam os prémios Pritzker (considerados o Nobel da arquitetura internacional).

O Museu do Prado pretende "a seleção de uma equipa de arquitetura, a partir da melhor proposta arquitetónica apresentada, que permita a recuperação do Salão dos Reinos e ofereça ao Museu do Prado um espaço de exposição alternativo, de alta qualidade, para apresentação dos destaques da sua coleção e desenvolvimento de um programa específico de exposições sobre questões-chave da história e património histórico espanhol".

As oito equipas selecionadas (entre 47), por ordem de registo no concurso, são:

Cruz y Ortiz Arquitectos;
Nieto Sobejano Arquitectos;
UTE B720 Arquitectura-David Chipperfield Architects;
Office for Metropolitan Architecture (O.M.A.) Stedebouw B.V.;
UTE Souto Moura Arquitectos - Juan Miguel Hernández León - Carlos de Riaño Lozano;
UTE Foster + Partners-- Rubio Arquitectura;
UTE Garces de Seta Bonet Arquitectes - Pedro Feducci Canosa;
UTE Gluckman Tang Architects - Estudio Álvarez Sala --Arquitectura Enguita y Lasso de la Vega.

Estes oito finalistas poderão apresentar as suas propostas até 30 de outubro próximo e o júri tomará a decisão até ao fim do ano.

A obra tem um orçamento previsto de 1.756.315 euros e o projeto aumentará o espaço do museu entre 4.300 e 5.800 m2.

O Museu do Prado é o mais importante de Espanha e um dos mais conhecidos em todo o mundo.

Eduardo Souto Moura formou-se na Escola de Belas Artes do Porto e começou a sua carreira no atelier de Álvaro Siza Vieira.

O reconhecimento internacional de Souto Moura teve o seu auge em 2011, quando ganhou o conhecido Prémio Pritzker.

Lusa

  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.