sicnot

Perfil

Cultura

Concursos pontuais de apoio às artes abrem esta quinta-feira

O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, revelou hoje, numa audição da comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, em Lisboa, que os concursos pontuais de apoio às artes abrem na quinta-feira.

O ministro falava na última reunião com esta comissão parlamentar, na presente sessão legislativa, acompanhado pelo secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado.

Ainda de acordo com a tutela, os concursos de apoio às artes em projetos de internacionalização vão abrir dentro de duas semanas e, a partir de sexta-feira, serão também completados os compromissos dos apoios bienais, com vinte estruturas artísticas.

Na totalidade, segundo a tutela, estes apoios envolvem dois milhões de euros, tendo o ministro sublinhado que "há uma decisão estratégica de reforçar, de forma crescente, os apoios pontuais" às artes.

Por seu turno, o secretário de Estado precisou que os concursos pontuais deste ano "vão abrir com um valor superior ao do ano passado", em cem mil euros.

"Não é o que gostaríamos em termos de reforço, mas é o possível neste momento, e é um sinal de uma atenção a manter para o futuro. Os concursos pontuais são muito estruturantes, e responsáveis pela sustentação do universo das artes", comentou Miguel Honrado.

Na anterior reunião parlamentar, a tutela tinha anunciado que estes concursos abririam em julho, e que tinha sido iniciado um trabalho com a nova equipa da Direção-Geral das Artes (DGArtes), nomeada em maio, para criar um novo ciclo de financiamento às artes para 2017.

A DGArtes é o organismo responsável pela coordenação e execução das políticas de apoio às artes, e é atualmente liderada por Paula Varanda, como diretora, e Ana Senha, como subdiretora-geral.

A tutela tem defendido que o setor das artes "precisa de mais estabilidade", e anunciou que fará uma reflexão com o meio sobre um novo modelo "que não será só a nível financeiro".

Com Lusa

  • Depois do Fogo
    0:25

    Reportagem Especial

    Uma semana depois do incêndio de Pedrogão Grande são muitas as histórias de perda e de sobrevivência, mas também de solidariedade de pessoas anónimas, que não dormiram durante dias a fio, para apoiar na logística do difícil combate ao incêndio florestal mais mortífero de que há memória. Depois do Fogo, hoje no Jornal da Noite.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.