sicnot

Perfil

Cultura

Coleção de arte de David Bowie em exposição e em leilão

A coleção privada de David Bowie, que inclui obras de Henry Moore, Damien Hirst e Jean-Michel Basquiat, vai ser exibida pelo mundo, antes de ir a leilão no final deste ano, na Sotheby's.

"Bowie/Colector" é um conjunto de cerca de 400 obras, entre quadros, esculturas, mobiliário que vão a leilão em novembro.

Entre as obras de arte estão o quadro de Jean-Michel Basquiat "Air Power", que vale entre 3 milhões e 4,2 milhões de euros, ou "Beautiful, Shattering, Slashing, Violent, Pinky, Hacking,Sphincter Painting" de Damien Hirst, com valores entre os 300 mil euros e os 420 mil euros.

Há ainda esculturas e mobiliário, como um móvel de gira-discos dos anos 60 concebido pelos irmãos italianos Achille e Pier Giacomo Castiglioni.

A 20 de julho é inaugurada a exposição na Sotheby's em Londres, que fica patente até 9 de agosto. As obras viajam depois até Los Angeles e Nova Iorque, entre 20 e 26 de setembro, para depois seguirem para Hong Kong, de 12 a 15 de outubro. O leilão decorrerá em Londres a 10 e 11 de novembro.

A leiloeira espera conseguir 12 milhões de euros.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.