sicnot

Perfil

Cultura

Leonardo DiCaprio vai produzir um filme sobre Robin Hood na Croácia

A cidade croata de Dubrovnik, na costa do mar Adriático, vai servir de cenário para o novo filme "Robin Hood -- Origins", produzido por Leonardo DiCaprio, segundo informa hoje o jornal Dubrovacki vjesnik.

Leonardo DiCaprio com o Óscar de melhor ator do filme "O Renascido".

Leonardo DiCaprio com o Óscar de melhor ator do filme "O Renascido".

© Mario Anzuoni / Reuters

"Robin Hood, com as estrelas de óscares em Stradun (principal rua de Dubrovnik), durante dois meses. Dubrovnik será Nottingham, com uma grande equipa. Uma produção cinematográfica para a qual se investiram centenas de milhões de dólares em publicidade", disse o Presidente da Câmara de Dubrovnik, Andro Vlahusic.

A nova adaptação da história do herói dos bosques, que segundo Vlahusic, pode tornar-se numa trilogia, vai ser produzida em janeiro e fevereiro do próximo ano na cidade conhecida como "Pérola do Adriático".

O filme vai ser protagonizado por Taron Egerton no papel de Robin Hood, Jamie Foxx como Little John e Eve Hewson como Lady Marian.

A produção vai estar a cargo de DiCaprio e do estúdio Lionsgate, enquanto a realização vai caber a Otto Bathurs, com um guião escrito por Joby Harold.

Dubrovnik já serviu de cenário a outros filmes e séries conhecidas, como foi o caso do "Game of Thrones".

Lusa

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.

  • Pavilhão Carlos Lopes esteve encerrado durante 14 anos
    2:27