sicnot

Perfil

Cultura

Leonardo DiCaprio vai produzir um filme sobre Robin Hood na Croácia

A cidade croata de Dubrovnik, na costa do mar Adriático, vai servir de cenário para o novo filme "Robin Hood -- Origins", produzido por Leonardo DiCaprio, segundo informa hoje o jornal Dubrovacki vjesnik.

Leonardo DiCaprio com o Óscar de melhor ator do filme "O Renascido".

Leonardo DiCaprio com o Óscar de melhor ator do filme "O Renascido".

© Mario Anzuoni / Reuters

"Robin Hood, com as estrelas de óscares em Stradun (principal rua de Dubrovnik), durante dois meses. Dubrovnik será Nottingham, com uma grande equipa. Uma produção cinematográfica para a qual se investiram centenas de milhões de dólares em publicidade", disse o Presidente da Câmara de Dubrovnik, Andro Vlahusic.

A nova adaptação da história do herói dos bosques, que segundo Vlahusic, pode tornar-se numa trilogia, vai ser produzida em janeiro e fevereiro do próximo ano na cidade conhecida como "Pérola do Adriático".

O filme vai ser protagonizado por Taron Egerton no papel de Robin Hood, Jamie Foxx como Little John e Eve Hewson como Lady Marian.

A produção vai estar a cargo de DiCaprio e do estúdio Lionsgate, enquanto a realização vai caber a Otto Bathurs, com um guião escrito por Joby Harold.

Dubrovnik já serviu de cenário a outros filmes e séries conhecidas, como foi o caso do "Game of Thrones".

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.