sicnot

Perfil

Cultura

Nova versão de "A canção de Lisboa" chega hoje às salas de cinema

"A canção de Lisboa", comédia de enganos de Pedro Varela, com produção de Leonel Vieira, inspirada no filme homónimo dos anos 1930, estreia-se hoje, nos cinemas portugueses.

Facebook

Com argumento de Pedro Varela, sobre original de Cottinelli Telmo, "A canção de Lisboa" é o terceiro e último filme da trilogia composta por "O pátio das cantigas" e "O leão da Estrela", de homenagem à comédia que se fazia no cinema português há mais de meio século, produzida por Leonel Vieira, que também dirigiu as duas primeiras longa-metragens.

"A canção de Lisboa" segue a estrutura, personagens e enredo do filme homónimo, de Cottinelli Telmo, de 1933, com Vasco Santana, Beatriz Costa e António Silva, centrado no estudante de medicina Vasco Leitão, que vive da mesada das tias ricas de Trás-os-Montes, mas que se redime, no final.

No elenco estão César Mourão, Miguel Guilherme, Luana Martau, Marcus Majella, Maria Vieira, São José Lapa, Carla Vasconcelos, Dinarte de Freitas, Dmitry Bogomolov e Ruy de Carvalho.

Alguns destes atores já tinham participado nos dois filmes de Leonel Vieira.

Pedro Varela, que dirigiu esta versão de "A canção de Lisboa", realizou igualmente a série "Os Filhos do Rock", para televisão, assim como os dramas e mini-séries "Tempo Final", "Hora Marcada", "Vida dupla", as curtas-metragens "Anestesia" e "Toti", e o vídeo "We Stay Up All Night", dos Buraka Som Sistema, entre outras obras.

Lusa

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.