sicnot

Perfil

Cultura

Espetáculo "Antes que matem os Elefantes" de Olga Roriz chega a Lisboa

A nova coreografia de Olga Roriz, "Antes que matem os Elefantes", que aborda o sofrimento do povo devido à guerra na Síria, vai ser apresentada, hoje e sábado, no Teatro Camões, em Lisboa.

A nova peça coreográfica - estreada no Dia Mundial da Dança, em abril, em Aveiro - é apresentada pela primeira vez na capital portuguesa.

A coreógrafa quis que a guerra na Síria fosse o palco de "Antes que matem os Elefantes", uma peça de dança que criou como alerta para uma reflexão coletiva sobre o conflito naquele país.

Logo no início de "Antes que matem os Elefantes", é exibido um vídeo de seis minutos, sem imagens, apenas com legendas, com depoimentos de crianças, a maior parte delas a viver em Alepo, na Síria.

Em palco, estarão sete bailarinos que se movem num apartamento destruído, e o conflito - que continua a provocar fome, violência, morte e a lançar o país no caos - é apresentado de forma intensa.

A coreografia é de Olga Roriz, a seleção musical é de Olga Roriz e João Raposo, a cenografia e figurinos, de Olga Roriz e Paulo Reis, desenho de luz de Cristina da Piedade, vídeo e pós-produção de áudio de João Raposo.

A Companhia Olga Roriz está a realizar uma digressão com a peça coreográfica por várias cidades.

Depois do Teatro Camões, em Lisboa, seguem-se o Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo (23 de setembro), o Teatro Municipal de Bragança (29 de outubro) e o Teatro Nacional de São João, no Porto (26,27 e 28 de janeiro de 2017).

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.