sicnot

Perfil

Cultura

Mais de 73 mil pessoas na exposição de Amadeo de Souza Cardoso em Paris

Mais de 73 mil pessoas visitaram a exposição, com obras do artista português Amadeo de Souza Cardoso (1887-1918), inaugurada em abril, no Grand Palais, em Paris, e que encerrou na segunda-feira.

Contactada pela agência Lusa, fonte do gabinete de imprensa da Réunion des Musées Nationaux - Grand Palais, um dos maiores complexos expositivos da capital francesa, revelou que, de 30 de abril a 18 de julho, a mostra de Amadeo atraiu um total de 73.337 visitantes.

De acordo com a mesma fonte, uma média diária de 949 pessoas viu a exposição, que ocupou mil metros quadrados, reunindo cerca de 300 obras em pintura, desenho, gravura e fotografia, no Grand Palais.

"Foi uma oportunidade para fazer uma verdadeira descoberta de um artista pouco conhecido do público francês. A taxa de satisfação dos visitantes foi particularmente elevada: 96% disseram estar satisfeitos e 44% indicaram que ultrapassou as expectativas", indica o gabinete de imprensa do Grand Plais, em resposta à agência Lusa.

O complexo expositivo Grand Palais recebeu 1,7 milhões de visitantes no ano passado, e 1,8 milhões em 2014.

Organizada pela Réunion des Musées Nationaux et du Grand Palais des Champs-Élysées, e a Fundação Calouste Gulbenkian, que detém grande parte do acervo do artista nascido em Amarante, a mostra apresentou, além das 250 obras assinadas por Amadeo, 52 documentos de arquivo e 15 obras de artistas que foram próximos de Amadeo de Souza Cardoso, como Modigliani, o casal Robert e Sonia Delaunay e Constantin Brancusi.

A exposição comissariada por Helena de Freitas, curadora da Gulbenkian, teve como objetivo dar a conhecer a obra de um artista que teve uma vida curta e intensa, tendo falecido com apenas 30 anos, em 1918, de gripe pneumónica.

Embora tenha morrido jovem, Amadeo viveu em Paris, de 1906 a 1914, onde teve contactos com os modernistas, e chegou a exibir e a vender o seu trabalho na capital francesa, nos Estados Unidos, na Alemanha e na Áustria.

Construído para receber a Grande Exposição de 1900, em Paris, o edifício que alberga o complexo expositivo Grand Palais está localizado junto aos Champs-Élysées, no centro da capital francesa.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.