sicnot

Perfil

Cultura

Fundadores de Sepultura vão tocar "Roots" no Porto

Hard Club, Porto

Google Maps

Os irmãos Max e Igor Cavalera, fundadores e ex-membros da banda brasileira Sepultura, vão tocar o "icónico" álbum "Roots" no Hard Club, no Porto, no próximo dia 6 de novembro, anunciou hoje a promotora.

Em comunicado, a Everything is New anunciou o concerto do ex-vocalista e do ex-baterista dos Sepultura "para comemorar os 20 anos de Roots", sexto álbum do grupo, lançado em 1996, e o último da banda a contar com Max Cavalera na voz.

"Os irmãos Cavalera, fundadores de uma das maiores bandas de metal de todos os tempos, conseguiram em 1996 com o álbum Roots garantir a eternização do nome Sepultura. O álbum foi vencedor de vários discos de ouro nos EUA, Austrália, Canadá, França, Áustria, Holanda e Reino Unido", lembrou a Everything is New, que recordou que o disco vendeu mais de dois milhões de cópias.

Os Sepultura formaram-se em 1984 em Belo Horizonte, no Brasil, e tiveram em "Roots" aquilo que a Warner Music Brasil descreve como "um dos maiores responsáveis pelo estabelecimento do nu-metal e a evolução do 'groove' metal".

Em declarações em fevereiro ao portal UOL, o guitarrista Andreas Kisser, desde 1987 na banda, disse encarar a decisão da digressão dos irmãos Cavalera como algo "meio melancólico".

"Eles escolheram sair da banda e agora fazem uma celebração fora da banda... Mas, cada um é cada um", acrescentou Kisser.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC