sicnot

Perfil

Cultura

Boom Festival distinguido por revista norte-americana Rolling Stone

O Boom Festival, que se realiza em Idanha-a-Nova, de 11 e 18 de agosto, foi distinguido pela revista norte-americana "Rolling Stone" como um dos "sete espetaculares acontecimentos do mundo", foi hoje anunciado.

No artigo, o festival português que se realiza de dois em dois anos, em Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco, surge ao lado de eventos internacionais como Burning Man (Nevada, Estados Unidos), Symbiosis Gathering e Lightning in a Bottle (ambos na Califórnia, Estados Unidos), Envision (Costa Rica), Beloved (Oregon, Estados Unidos) e Shambhala Gathering (Canadá).

O comunicado explica ainda que este evento bienal de cultura independente que, desde 1997, se realiza em agosto, é uma referência internacional, sendo que 85% do seu público é oriundo do estrangeiro.

A revista norte-americana sublinha ainda o Boom Festival como "um regresso à vibração boémia e espiritual dos anos 60, misturada com a comida, música e performance artística fenomenais da Península Ibérica".

Além disso, realça a internacionalmente premiada política de sustentabilidade do festival e o seu programa artístico, cuja música "é decididamente mais madura" do que a que se ouve em outros festivais.

"Artes circenses, teatro de rua, malabaristas, dançarinos, exibições de filmes e uma série de outros talentos trazem a energia criativa da região para o festival", conclui a publicação.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.