sicnot

Perfil

Cultura

Novo livro de Harry Potter é lançado este sábado no Porto

Novo livro de Harry Potter é lançado este sábado no Porto

Nove anos depois do último livro, a magia de Harry Potter está de volta com a publicação do 8º livro da saga."Harry Potter e a criança amaldiçoada" será lançado na noite de sábado para domingo em todo o mundo. A Livraria Lello, no Porto, será uma das que acolhem o lançamento deste livro, há muito esperado pelos fãs.

  • Daniel Radcliffe não descarta hipótese de voltar a interpretar Harry Potter

    Cultura

    "Harry Potter and the Cursed Child" (Harry Potter e a Criança Amaldiçoada) estreia oficialmente no final do mês de julho nos palcos londrinos. A peça de teatro irá continuar a explorar a história de Harry Potter alguns anos depois dos últimos acontecimentos vividos pelo feiticeiro mais famoso de todos os tempos. Daniel Radcliffe já fez saber que não vai ver a peça tão cedo para não "roubar a atenção" e não descarta voltar a vestir a pele de Harry Potter em circustâncias especiais.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.