sicnot

Perfil

Cultura

Cinemas portugueses com mais espectadores e receitas

Os cinemas portugueses somaram mais espectadores e receitas de bilheteira, nos primeiros sete meses deste ano, relativamente ao mesmo período de 2015, apesar de uma quebra em julho, segundo dados divulgados pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

Em termos de receitas, os primeiros sete meses deste ano mantêm uma subida global de 0,3%, relativamente ao período homólogo do ano passado, com 2016 a registar 41,410 milhões de euros, contra os 41,289 milhões contabilizados no ano passado.

Todavia, no mês de julho deste ano, verificou-se uma quebra de 0,8%, em termos de receita, relativamente ao mês homólogo de 2015. Em julho do ano passado, a receita bruta de bilheteira foi de 7,295 milhões de euros, e, este ano, de 6,708 milhões de euros.

Em termos de espectadores, nos primeiros sete meses deste ano, somaram-se mais 54.162, o que representa uma subida global de 0,7% relativamente aos números verificados de janeiro a julho de 2015.

No mês de julho deste ano, no entanto, comparando com o número de espectadores de julho de 2015, verificou-se uma diminuição de 118.260, o que representa uma quebra de 8,3%.

"A canção de Lisboa", de Pedro Varela, que se estreou a 14 de julho, passou a ser o filme português mais visto este ano, ultrapassando "O amor é lindo... porque sim!", de Vicente Alves do Ó, que liderou o primeiro semestre.

A revisitação de Pedro Varela, do clássico da comédia da década de 1930, teve 113.493 espectadores, que geraram uma receita bruta de 573.356 euros.

Os filmes nacionais mais vistos este ano foram "A canção de Lisboa", de Pedro Varela, seguindo-se "O amor é lindo... porque sim!", de Vicente Alves do Ó, estreado em março (31.109 espetadores), e, em terceiro lugar, "O leão da Estrela", de Leonel Vieira (17.431), que ficou em cartaz, em novembro.

Na quarta posição está "Amor impossível", de António-Pedro Vasconcelos (14.928), que se estreou na véspera de natal, e "Jogo de damas", de Patrícia Sequeira (6.973), que chegou aos cinemas no final de janeiro.

A animação "Zootrópolis", de Byron Howard e Rich Moore, mantém a liderança dos filmes mais vistos em 2016, com 391.161 espectadores, desde 25 de fevereiro, e uma receita bruta de quase 1,882 milhões de euros.

Seguem-se "À procura de Dory", filme estreado no final de junho, com 369.614 espectadores, "Deadpool", de Tim Miller, estreado em fevereiro (361.622 espectadores), "O renascido", de Alejandro González Iñarritu, Óscar de melhor realização, estreado em janeiro (311.584), e "Batman V Super-homem, o despertar da justiça", com 290.875 espetadores, desde março.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.