sicnot

Perfil

Cultura

Feira do Livro do Porto vai ter 17 novas editoras

A Feira do Livro do Porto, que este ano se realiza entre 2 e 18 de setembro, vai ter 17 novas presenças editoriais entre o total dos 131 pavilhões, mais um do que no ano passado.

Em comunicado, a Câmara Municipal do Porto anunciou hoje que "entre as novidades, encontra-se a Livraria Lello que vai estar representada pela primeira vez na iniciativa, desde que a Câmara do Porto assumiu, em 2014, a organização do evento", juntando-se também ao evento a Chiado Editora, a Ordem dos Arquitetos, o jornal Público e a editora espanhola Bubok.

Novamente a decorrer na avenida das Tílias, nos jardins do Palácio de Cristal, mas a abrir agora às 12:00 todos os dias, a Feira do Livro do Porto vai ter como tema "a Ligação" e incluir "69 editoras, 26 livrarias, 16 alfarrabistas, 12 instituições e oito distribuidoras, numa configuração muito semelhante à do ano passado".

"Relativamente aos últimos anos, os pavilhões apresentam algumas alterações, visíveis, sobretudo, na cobertura, já que o habitual telhado plano passa a ser substituído por um cone em lona branca, que permitirá um melhor escoamento da água em caso de eventual intempérie", referiu a autarquia sobre o evento que, no ano passado, chegou a ser encerrado devido ao mau tempo.

O evento vai incluir ainda uma homenagem ao escritor portuense Mário Cláudio, vencedor de múltiplos prémios ao longo da carreira enquanto autor publicado que se iniciou em 1969 com o livro de poemas "Ciclo de Cypris".

"Recorde-se que a Câmara do Porto assumiu a organização da Feira do Livro do Porto em 2014, transferindo-o para os jardins do Palácio de Cristal. No primeiro ano, a homenagem foi dirigida a Vasco Graça Moura (sob o tema 'Liberdade e Futuro') e, no ano passado, a Agustina Bessa-Luís (com a temática da 'Felicidade'), tendo recebido, em cada edição, mais de 200 mil visitantes", lembrou o comunicado da Câmara.

Lusa

  • Encerra hoje a Feira do Livro de Lisboa
    3:22

    Cultura

    A Feira do Livro de Lisboa chega hoje ao fim. Ao longo de 19 dias passaram pelo Parque Eduardo VII dezenas de escritores, numa edição com 277 pavilhões, um número recorde. O repórter Reinaldo Serrano deixa-lhe agora algumas sugestões para aproveitar os últimos descontos, na feira que encerra às 23:00.

  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28
  • Euforia e preocupação no Santiago de Bernabéu
    3:02
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49