sicnot

Perfil

Cultura

Festa do Livro no Palácio de Belém decorre entre 1 e 4 de setembro

A "Festa do Livro de Belém", promovida pela Presidência da República e a associação de editores e livreiros, decorrerá no Palácio de Belém, em Lisboa, entre 1 e 4 de setembro, com a presença prevista de mais de 40 editoras.

As datas da "Festa do Livro de Belém" foram divulgadas através da página da rede social Facebook do Museu da Presidência da República, avançando também a presença de mais de 40 chancelas editoriais.

A realização desta festa foi anunciada pelo Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, que é bibliófilo e coleciona livros antigos desde a adolescência, na abertura da Feira do Livro de Lisboa, no final de maio.

"A Presidência da República e a APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros) decidiram abrir as portas do Palácio de Belém e criar a Festa do Livro, que irá decorrer no início de setembro", revelou na altura Marcelo Rebelo de Sousa, explicando que os visitantes poderão passear nos jardins, mas também "contactar com livros e comprar livros".

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22