sicnot

Perfil

Cultura

Festa do Livro no Palácio de Belém decorre entre 1 e 4 de setembro

A "Festa do Livro de Belém", promovida pela Presidência da República e a associação de editores e livreiros, decorrerá no Palácio de Belém, em Lisboa, entre 1 e 4 de setembro, com a presença prevista de mais de 40 editoras.

As datas da "Festa do Livro de Belém" foram divulgadas através da página da rede social Facebook do Museu da Presidência da República, avançando também a presença de mais de 40 chancelas editoriais.

A realização desta festa foi anunciada pelo Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, que é bibliófilo e coleciona livros antigos desde a adolescência, na abertura da Feira do Livro de Lisboa, no final de maio.

"A Presidência da República e a APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros) decidiram abrir as portas do Palácio de Belém e criar a Festa do Livro, que irá decorrer no início de setembro", revelou na altura Marcelo Rebelo de Sousa, explicando que os visitantes poderão passear nos jardins, mas também "contactar com livros e comprar livros".

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49