sicnot

Perfil

Cultura

Vaccines e Cage The Elephant regressam hoje ao Paredes de Coura

Cage The Elephant

© Mario Anzuoni / Reuters

O terceiro dia da 24.ª edição do festival Paredes de Coura é feito de regressos a Portugal, com Kevin Morby, Crocodiles, King Gizzard & The Lizard Wizard, Vaccines e Cage The Elephant, no palco principal.

A abrir o palco Vodafone vai estar Kevin Morby, o cantor norte-americano que, ao NME, disse que, quando pensa "nos locais mais exóticos e lindos", o Porto está no topo da lista e que, ainda antes de atuar no Minho, já agendou a próxima data para o Norte do país, marcando presença em Espinho, no dia 25 de novembro.

De seguida atuam Crocodiles - que estiveram no Alive de 2011 -, para dar lugar aos australianos King Gizzard & The Lizard Wizard que voltam a Portugal para agora apresentar "Nonagon Infinity", álbum sobre o qual a Pitchfork escreveu estar "construído como um 'loop' infinito, o que significa que as últimas notas ligam-se na perfeição à abertura do disco".

No palco principal seguem-se The Vaccines e, a fechar a noite de concertos, os Cage The Elephant, que há dois anos já estiveram no festival.

Entretanto, no palco secundário o dia abre com os portugueses First Breath After Coma, com o disco "Drifter" na bagagem, antes de subirem ao palco Sean Riley & The Slowriders, também eles com novo disco lançado este ano.

Até ao fim da noite ainda há Psychic Ills e Jacco Gardner antes de, no 'after-hours', começar às 02:00 de sábado, o projeto Moullinex, cabendo aos Vaccines, agora em modo DJ, o encerramento da jornada.

A 24.ª edição de Paredes de Coura prossegue até sábado, com Chvrches, Portugal.The Man, Tallest Man on Earth e muitos mais.

Com Lusa

  • Pelo menos dois feridos em confrontos entre adeptos do Benfica e do Braga
    1:55

    Desporto

    Antes do jogo do Benfica e do Sporting de Braga, registaram-se confrontos entre os adeptos, no Estádio Municipal de Braga. Os confrontos causaram pelo menos dois feridos. Os benfiquistas queixaram-se de agressões e criticaram a ausência da polícia. Várias viaturas foram danificadas durante os distúrbios e a PSP chegou a separar adeptos do Braga e do Benfica.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.