sicnot

Perfil

Cultura

Festival do Crato arranca quarta-feira com Capicua, HMB e Richie Campbell & Anthony

O Festival de Música do Crato arranca na quarta-feira com os concertos de Capicua, HMB e Richie Campbell & Anthony, tendo ainda como cabeças-de-cartaz para a edição deste ano James Morrison, Kaiser Chiefs e Matt Simons.

O festival, que vai decorrer até sábado naquela vila do distrito de Portalegre, é promovido pelo município que, além destes espetáculos, anuncia ainda para terça-feira concertos com os Dama, Diana Martinez & The Crib, no decorrer da receção aos campistas.

Além do "prato forte" da música, o melhor do artesanato e da gastronomia daquela região alentejana também vai estar presente no Festival do Crato, numa zona de acesso livre que contará com espetáculos diários de cariz popular, como o folclore ou o acordeão.

No primeiro dia do festival (quarta-feira), no espaço de acesso pago, o destaque irá para a atuação de Capicua, HMB e Richie Campbell & Anthony B.

Na quinta-feira, a noite será dominada por Átoa, Ana Moura e James Morrison.

No dia seguinte é a vez de subir ao palco principal Custódio Castelo e Rão Kyao, Frankie Chavez e Kaiser Chiefs.

No sábado, último dia do festival, subirão ao palco Miguel Araújo e António Zambujo, bem como Matt Simons, que encerra o certame.

Durante o festival, haverá diariamente "After Hours", com os DJ HM, DjoaNa e Luís Sequeira, Wilson Honrado, Nuno Luz ft 4k, Club Banditz, João Vaz e Karetus.

A organização disponibiliza durante o certame um espaço para todos os festivaleiros que queiram acampar na zona.

Os preços dos bilhetes para o Festival do Crato vão variar entre os 12 euros, nos dois primeiros dias, e os 14 euros, nos últimos dois dias do certame.

Os bilhetes para os quatro dias do festival custam por sua vez 28 euros e, com acesso ao "camping" ocasional, durante os quatro dias, 32 euros.

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira