sicnot

Perfil

Cultura

De Samuel Úria a Tindersticks e Blasted Mechanism para o fecho de Vilar de Mouros

​O festival de Vilar de Mouros termina hoje, com mais um dia de cartaz repartido entre três artistas portugueses e três estrangeiros, abrindo com Samuel Úria e fechando com Blasted Mechanism.

Às 19:00 é hora de o cantor e compositor Samuel Úria atuar e dar a conhecer, a Vilar de Mouros, a sua "Carga de ombro", lançada este ano, para depois dar lugar ao tuaregue Bombino, também ele com disco novo por apresentar.

Às 21:20 entra em palco Tiago Bettencourt e, às 22:45, tocam os Waterboys, de Mike Scott, antes de, às 00:30 de domingo, os britânicos Tindersticks regressarem a Portugal, depois de uma passagem pelo festival Curtas de Vila do Conde, tendo já novos concertos agendados, em Lisboa e no Porto, para o mês de outubro.

A banda de Stuart Staples lançou "The Waiting Room" em janeiro, o décimo disco da carreira do grupo que "nunca lançou um mau álbum", segundo a publicação digital Pitchfork.

Esta edição do renovado festival de Vilar de Mouros termina com o concerto dos portugueses Blasted Mechanism, a partir das 02:00 de domingo.

De acordo com a organização, o objetivo do evento que agora termina era devolver a "glória" ao festival de Vilar de Mouros, em Caminha.

"Estamos a montar um festival muito bonito e a fazer tudo para que seja o melhor e mais cómodo possível para o público. Estamos cheios de vontade de devolver a este festival a glória de há 50 anos. Está tudo a correr muito bem", revelou à agência Lusa antes do começo do festival um dos responsáveis da promotora, Paulo Ventura.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.