sicnot

Perfil

Cultura

Plácido Domingo canta num rio da Amazónia em defesa do ambiente

​O tenor espanhol Plácido Domingo atua hoje, num palco flutuante no rio Negro, em plena Amazónia, uma organização do festival de música Rock in Rio que pretende alertar o mundo para a desflorestação e as alterações climáticas.

No concerto, na região de Manaus, atuam também a Orquestra Filarmónica e o Coro da Amazónia, além do filho do tenor, Plácido Domingo Jr., do tenor brasileiro Saulo Laucas e dos músicos, também brasileiros, Andreas Kisser e Ivete Sangalo.

Com transmissão direta pela internet, pretende a organização sensibilizar a população mundial para o problema da preservação ambiental, da desflorestação da Amazónia e das alterações climáticas.

No local estarão apenas 200 convidados, também eles numa plataforma flutuante montada no rio, mas o objetivo da vertente social do Rock in Rio é chegar a milhões de pessoas, consciencializando-as para a necessidade de "serem agentes ativos no combate às alterações climáticas através da sua própria mudança de comportamento", diz a organização.

Paralelamente, a organização do Rock in Rio pretende angariar verbas para plantar quatro milhões de árvores na Amazónia, especialmente numa das zonas mais devastadas, junto do rio Xingu. Até agora, já tem garantidas 2.890.000 árvores.

O projeto tem o apoio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), do Instituto Socioambiental (ISA), também do Brasil, e da Conservação Internacional (uma organização internacional com sede em Washington).

A organização ambientalista portuguesa Quercus também apoia a iniciativa.

O Rock in Rio é um festival de música que começou em 1985, no Brasil, e que, desde 2004, acontece também em Portugal, Lisboa, de dois em dois anos.

Espanha, Estados Unidos e, em breve, Argentina são outros países a receber o festival.

Em 2001 o fundador do Rock in Rio, Roberto Medina, criou a vertente social do projeto, "Rock in Rio - Por um Mundo Melhor", que desde aí já investiu 24 milhões de euros em projetos sociais e ambientais. O concerto de hoje insere-se nessa vertente.

O concerto pode ser seguido, a partir das 23:30 (hora de Portugal Continental e Madeira), no site do Rock in Rio, www.rockinriolisboa.sapo.pt, ou ainda através dos endereços www.amazonialive.com e globo.com/multishow.com, no Brasil, e LiveXLive.com, a nível global.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.