sicnot

Perfil

Cultura

Freddie Mercury, o asteróide que viaja a 500 milhões de quilómetros da Terra

MARCO ARNDT

As celebrações do 70.º aniversário de Freddie Mercury tomaram uma nova proporção: um asteroide que viaja a mais de 500 milhões de quilómetros da Terra vai ter o nome da lenda dos Queen. A notícia foi dada pelo guitarrista da banda, Brian May, através de uma mensagem de vídeo mostrada na festa "Freddie for a Day", na Suíça.

No dia em a lenda celebraria 70 anos, o Centro Minor Planet nomeou o asteroide descoberto em 1991 - ano em que Freddie Mercury morreu - como "Asteroid 17473 Freddiemercury".

Com um PhD em Astrofísica, May disse ainda que o asteroide é "apenas um ponto de luz, mas um ponto de luz muito especial e talvez um dia cheguemos lá".

Freddie Mercury nasceu a 5 de setembro de 1946, escreveu músicas como "Bohemian Rhapsody" e "We Are The Champions", assim como as apresentou com a sua banda, Queen.

A recente nomeação junta-se a uma lista muito longa. Existe o asteroide Kurt Vonnegut, o Frank Zappa, o David Bowie e o Bruce Springsteen, entre muitos outros. Mas nem só as pessoas reais tiveram esta oportunidade: também os personagens Don Quixote, James Bond, Sherlock Holmes e Dr Watson têm um asteroide com o seu nome.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.