sicnot

Perfil

Cultura

Teatro do Bolhão recebe mostra multidisciplinar de cultura palestiniana

O ACE Teatro do Bolhão, no Porto, acolhe, entre 12 a 18 de setembro, uma mostra multidisciplinar de cultura palestiniana com teatro, workshops, debates, cinema e artes plásticas, referiu hoje à Lusa o gabinete de comunicação.

O evento "Portugal Palestina: Arte pela Liberdade" engloba dois espetáculos teatrais: Regresso à Palestina, criado a partir das histórias reais contadas por habitantes do campo de refugiados e Kanafani, baseado na vida e obra do escritor e ativista politico palestiniano que lhe dá nome.

Na programação de cinema destaca-se a exibição dos documentários "Against The Wall" e "Remember Us", com curadoria do casal luso-palestiniano de realizadores Frederico Beja e Dália Abuzeid, e "The Journey of a Freedom Fighter" e "Road Map To Apartheid".

Na vertente das artes plásticas, a artista Joana Villaverde apresenta a vídeo-instalação "3AM Birzeit December 2015", criada a partir de uma das suas residências artísticas na Palestina.

A eurodeputada e ainda presidente da Delegação do Parlamento Europeu para as Relações com os Países do Maxereque (Líbano, Jordânia, Síria e Egito), Marisa Matias, dinamiza, no dia 16, uma conversa sobre a Palestina.

Nesta iniciativa cultural vai ainda ser lançada a Amigos do Freedom Theatre que pretende promover, em Portugal, atividades do Freedom Theatre (TFT) - Centro Cultural e Comunitário na Cisjordânia - e cooperar com outras associações, adiantou a fonte.

Além disso, quer contribuir para o desenvolvimento das atividades educativas e performativas do TFT e incentivar vários agentes culturais de diferentes países a visitarem-no, acrescentou.

Lusa

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08