sicnot

Perfil

Cultura

Ministro da Cultura felicita ator Nuno Lopes por prémio no Festival de Veneza

O ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, felicitou o ator Nuno Lopes pela distinção conseguida no Festival Internacional de Cinema de Veneza, que considerou ser "mais um reconhecimento da qualidade do cinema português".

"O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, felicita Nuno Lopes pelo Prémio de Melhor Ator, atribuído pelo júri da secção Horizontes do Festival de Veneza, pelo seu desempenho no filme 'São Jorge', de Marco Martins", refere comunicado da tutela hoje enviado.

Para Castro Mendes, este prémio "é mais um reconhecimento da qualidade do cinema português, que só no último mês recebeu várias distinções internacionais em categorias tão diversas como a animação, documentário ou a ficção".

De entre estas distinções, o ministro destacou o prémio de melhor realizador atribuído no Festival de Locarno a João Pedro Rodrigues, que aproveitou para "publicamente felicitar".

O ator português Nuno Lopes foi distinguido no sábado pelo júri da secção "Orizzonti", do Festival Internacional de Cinema de Veneza, com o Prémio Especial de Melhor Ator, pelo seu desempenho no filme "São Jorge", de Marco Martins.

"No filme, Nuno Lopes é Jorge, um boxeur desempregado que aceita trabalho noturno numa empresa de cobranças difíceis. Na preparação do papel, Nuno Lopes realizou trabalho de pesquisa em bairros sociais, no meio do boxe e no circuito de cobranças difíceis. O ator ganhou 20 quilos e submeteu-se a um programa de treino físico durante seis meses, chegando na fase de maior intensidade a treinar seis horas diárias de boxe e crossfit", descreveu a produtora Filmes do Tejo II.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC