sicnot

Perfil

Cultura

José Pedro Gomes e António Machado estreiam "Filho da treta"

A estreia da comédia "Filho da treta", protagonizada pelos atores José Pedro Gomes e António Machado, abre, na quarta-feira, às 21:30, a temporada do Auditório dos Oceanos, do Casino Lisboa, anunciou a casa de espetáculos.

Com texto de Filipe Homem Fonseca e Rui Cardoso Martins, que cruzam referências atuais, das "tascas 'gourmet'" aos hábitos de leitura do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, "Filho da treta" tem raízes na peça "Conversa da treta", de José Fanha, celebrizada pela dupla José Pedro Gomes e António Feio, durante dez anos, primeiro no teatro, em 1997, depois na rádio, na televisão e, por fim, no cinema, no "Filme da treta", de 2007.

"Nada se perde, tudo se transforma -- o código genético da 'Treta' renasce, em 2016, com a assustadora e nada aguardada peça de teatro 'Filho da Treta'", lê-se na apresentação do espetáculo do Casino.

"Antigamente, a vida era uma selva. Agora, a vida é uma 'selfie'. Toda a treta se dispersou e cresceu nas redes sociais, e os especialistas têm tido alguma dificuldade em encontrar a genuína conversa da treta. Mas quem é vivo sempre falece, e também sempre aparece", acrescenta o comunicado do Casino.

A apresentação da comédia recupera as referências de "Conversa da treta" e das suas personagens: "Zezé (José Pedro Gomes) prossegue a sua luta contra o bom senso, a solidariedade, o trabalho e outros conceitos 'primeiro mundistas', desta vez, na companhia de Júnior (António Machado), o filho de Toni [antiga personagem de António Feio], que Zezé nunca quis ter".

Zezé, por seu lado, "continua a polir a ponta do sapatinho de verniz com 'cuspe'". "Mas é um 'cuspe' mais sábio, próprio de quem esteve um mês e meio a dormir e foi dado como morto, com muito orgulho", acrescenta a apresentação, aludindo ao período em que José Pedro Gomes esteve em estado de coma, no início deste ano, com uma pneumonia atípica, facto que pôs fim às representações de "Nome próprio", a peça de Luísa Costa Gomes, que estreara há um ano, no Casino Lisboa.

Quanto a Júnior, o coprotagonista de "Filho da treta", "herdeiro 'hipster'" do seu antecessor, desloca-se de bicicleta desmontável".

"Numa comovente irritação entre duas gerações perdidas", ao longo da peça, "discutem-se as tascas 'gourmet', os refugiados, os paus de 'selfie', o número de horas que o Presidente Marcelo consegue ler debaixo de água sem respirar, e outras pragas que assolam o mundo moderno, deste saudoso bairro em vias de extinção", acrescenta a nota do Casino.

"Filho da treta" conta com música de Nuno Rafael, tem encenação de Sónia Aragão, desenho de luz de Luís Duarte, figurinos de Fernanda Ramos e produção de Força de Produção.

A peça fica em cena a partir de quarta-feira, com representações regulares de quinta-feira a sábado, às 21:30, e, aos domingos, às 17:00.

Lusa

  • José Pedro Gomes internado em estado grave

    Cultura

    O ator José Pedro Gomes está internado no hospital de Cascais, desde quarta-feira, em estado grave, devido a uma pneumonia. O ator, de 65 anos, estava em cena com o espetáculo "Nome próprio", as sessões para este mês foram entretanto canceladas.

  • "Estamos vivos"
    11:41

    Reportagem Especial

    Os incêndios de 15 de outubro provocaram sete milhões de euros de prejuízos em empresas da região Norte. Castelo de Paiva foi o concelho mais atingido, o fogo destruiu várias casas e empresas que davam trabalho a cerca de 200 pessoas. Um mês depois do incêndio, a Reportagem Especial da SIC foi ver o que está a ser feito para ajudar a população.

  • Administrador recebia 420 mil € por ano quando aldeamento passava dificuldades
    4:39

    Operação Marquês

    A Caixa Geral de Depósitos tentou cortar para metade o salário do presidente do Conselho de Administração de Vale do Lobo, mas não conseguiu. Diogo Gaspar Ferreira ganhava 420 mil euros por ano, quando o empreendimento estava enterrado em dívidas. A Autoridade Tributária estima também que o arguido da Operação Marquês não tenha declarado 400 mil euros pagos pelo aldeamento.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Político oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Peru faz aparição especial na Casa Branca
    1:10

    Mundo

    Os norte-americanos estão a preparar-se para o tradicional Dia de Ação de Graças, assinalado na próxima quinta-feira. O tradicional peru fez esta terça-feira uma aparição especial na sala de conferências de imprensa, na Casa Branca, em Washington. O peru é o prato tradicional no Dia de Ação de Graças, uma data de louvor a Deus, que remonta ao século XVII e que é celebrada na quarta quinta-feira de novembro, sobretudo nos Estados Unidos da América e no Canadá.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50