sicnot

Perfil

Cultura

Jim Carrey diz que está a ser explorado em acusação sobre morte da ex-namorada

O ator Jim Carrey

© Lucas Jackson / Reuters

Jim Carrey diz que está a ser alvo de uma tentativa "sem coração" de o explorar. O ator está a ser processado pelo ex-marido da sua ex-mulher, que morreu de overdose o ano passado, por ter alegadamente comprado os fármacos que levaram à morte de Cathriona White.

Jim Carrey é acusado de ter comprado as drogas prescritas que mataram a ex-namorada, a maquilhadora Cathriona White.

Segundo o TMZ, três tipos diferentes de pílulas foram encontrados num frasco com o nome de Athur King, que seria um pseudónimo de Carrey. De acordo com a acusação, o ator teria dado o frasco com os comprimidos a Cathriona três ou quatro dias antes da sua morte, sabendo que a ex-namorada tinha tendência à depressão e já se tinha tentado matar.

"Não vou tolerar esta tentativa desumana de me explorar ou à mulher que eu amei. Espero que, em breve, as pessoas parem de tentar beneficiar desta situação e a deixem descansar em paz", afirmou o ator em comunicado.

"Seria fácil para mim entrar numa sala com o advogado deste homem e tratar disto, mas há momentos na vida em que devemos ficar de pé e defender a nossa honra contra o mal neste mundo", acrescentou Carrey.

Mark Burton, ex-marido de Cathriona, acusa o ator de ter usado a sua "imensa riqueza e estatuto de celebridade" para obter ilegalmente os fármacos. Burton diz ainda que Carrey tinha uma "obsessão por controlar e manipular" a ex-namorada e que tinha câmaras de vigilância em casa para monitorizá-la.

Cathriona, que tinha 30 anos, foi encontrada morta com uma overdose de medicamentos.

  • Jim Carrey arrasado com suicídio da ex-namorada

    Cultura

    "Ela era uma flor irlandesa verdadeiramente gentil e delicada" é assim que Jim Carrey, em comunicado, começa por descrever a ex-namorada Cathriona White encontrada morta na passada segunda-feira em sua casa, em Los Angeles. De acordo com o site TMZ.com, a maquilhadora terá deixado uma nota de suicídio, que mencionava que a sua relação com Jim Carrey tinha terminado no dia 24 de setembro.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Crianças no Daesh - 2ª Parte
    23:43
  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Estes engenheiros não tiveram formação para exercer arquitetura"
    7:00

    País

    O Parlamento aprovou esta quarta-feira as propostas do PSD e do PAN para devolver aos engenheiros a possibilidade de assinarem projetos de arquitetura. Os aquitetos discordam da medida. José Manuel Pedreirinho, presidente da Ordem dos arquitetos, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Foi uma grande honra ser deputado"
    1:23

    País

    Alberto Martins vai deixar a vida política, o socialista renunciou esta quarta-feira ao cargo de deputado, que ocupava há 30 anos, com algumas interrupções. Alberto Martins desempenhou funções de ministro da Reforma do Estado no segundo Governo de António Guterres, e de ministro da Justiça no segundo Executivo liderado por josé Sócrates. O socialista vai ser substituído por Hugo Carvalho.