sicnot

Perfil

Cultura

Gravura paleolítica com 24 mil anos exposta em Vila do Bispo

LU\303\215S FORRA

Uma placa paleolítica de xisto com a gravura de animais, com 24 mil anos, é umas das peças em destaque na exposição "As origens pré-históricas do Reino dos Algarves", patente no Centro de Interpretação de Vila do Bispo.

"Trata-se de uma peça paleolítica, rara e de grande valor histórico, que nos permite conhecer um pouco mais das origens pré-históricas do Reino dos Algarves, nomeadamente o tipo de animais que existiam neste concelho da região do barlavento algarvio", disse à agência Lusa o historiador Artur de Jesus.

Descoberta em 2005 no sítio arqueológico de Vale de Boi, na freguesia de Budens, no concelho de Vila do Bispo, a placa de xisto contém três gravuras de auroques, uma espécie de boi de grandes dimensões.

De acordo com o historiador, o achado arqueológico, "está quase intacto, é uma das peças mais importantes da exposição, cuja gravura de um bovídeo, terá sido feita em três fases, há cerca de 24 mil anos".

"É a única peça do género recolhida até agora naquele sítio arqueológico", sublinhou.

A gravura integra o vasto acervo arqueológico descoberto ao longo de cerca de 150 anos no concelho de Vila do Bispo, durante trabalhos de investigação que, nos últimos 15 anos, foram coordenados pela Universidade do Algarve.

As escavações puseram a descoberto milhares de indícios, sobretudo material em pedra talhada, entre os quais pontas de flecha e, também, vestígios de animais.

"Existe um acervo impressionante de animais que hoje em dia é inimaginável pensarmos que estiveram neste território, como o leão, o lince e outros que hoje podemos considerar um pouco exóticos", destacou Artur de Jesus.

"São achados com vários milhares de anos, alguns com 20, 25 e 30 mil anos", concluiu o historiador.

As investigações permitiram também perceber que os primeiros habitantes do Algarve se alimentavam de marisco, faziam gravuras em pedra e adornos com pequenas conchas.

Além da placa com cerca de 24 mil anos, a exposição apresenta uma panorâmica geral da pré-história do Algarve, que se estende do paleolítico inferior - estimando-se a sua idade em cerca de 500 mil anos - até à primeira Idade dos Metais, período conhecido como calcolítico, há cerca de cinco mil anos.

Por seu turno, o arqueólogo Ricardo Soares disse à Lusa que o sítio de Vale de Boi "é hoje uma referência da arqueologia nacional e internacional, porque documenta a mais remota presença humana que é conhecida em todo o sul peninsular".

"É um sítio cuja ocupação remonta há milhares de anos e que se prolonga até ao antigo neolítico regional, há cerca de seis mil anos, revelando, igualmente, a evolução do ambiente natural da região", sublinhou Ricardo Soares.

Organizada pelo Interdisciplinary Center for Archaeology and Evolution of Human Behavior (ICArEHB) da Universidade do Algarve, a exposição pode ser visitada até ao dia 28 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 15:30, no Centro de Interpretação de Vila do Bispo.

Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16