sicnot

Perfil

Cultura

Pen-Pineapple-Apple-Pen, o sucessor de Gangnam Style?

Twitter: PIKOTARO

De vez em quando, a internet traz vídeos, músicas ou momentos que deixam milhões e milhões de pessoas a perguntar-se como é que chegaram até ali. A música PPAP - abreviação de Pen-Pineapple-Apple-Pen (Caneta-Ananás-Maçã-Caneta, em português) - é o novo sucesso da internet, talvez até o sucessor do Gangman Style. A letra da música não faz sentido nenhum, mas se calhar é por isso que depois de ouvir, não sai mais da cabeça.

Criada pelo DJ Piko-Taro, uma personagem fictícia retratada pelo entertainer japonês Kazuhiko Kosaka, a música é fácil de aprender, pois só tem três frases:

"I have a pen. I have an apple. Apple-pen!
I have a pen. I have (a) pineapple. Pineapple-pen!
Apple-pen. Pineapple-pen. Pen-Pineapple-Apple-Pen."

O vídeo da música traz Piko-Taro a fazer a fusão de uma caneta com uma maçã e um ananás. Esta mistura acabou por tornar-se viral no Japão, com os jovens a replicar a melodia e com covers a aparecer por tudo quanto é site de vídeos na internet.

Mas como é que uma música tão bizarra como esta pode tornar-se viral? A resposta é simples: tem todos os ingredientes necessários, como um batimento viciante, uma letra fácil - para não dizer idiota - e uma coreografia simples para acompanhar. Ora veja:

Pen-Pineaplle-Apple-Pen tem tudo para se espalhar pelas redes sociais de todo o mundo. Enquanto o vídeo original ultrapassou os 4 milhões de visualizações, no Facebook do 9GAG o vídeo já ultrapassou os 50 milhões de visualizações.

Piko-Taro tem outras músicas na sua página do YouTube, mas a maior parte delas estão em japonês. Contudo, o DJ já criou um remix do seu hit original. Veja em baixo.

E, mesmo assim, continua sem fazer sentido.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.