sicnot

Perfil

Cultura

Polícia recupera em Nápoles obras de Van Gogh roubadas em 2002

A polícia italiana recuperou dois quadros de Van Gogh roubados em dezembro de 2002 do Museu Van Gogh, em Amesterdão. As pinturas foram encontradas em Nápoles, tinham sido retiradas das molduras, mas continuam em "razoável estado de conservação".

De acordo com as autoridades italianas, as obras estavam em poder da máfia napolitana, integrando um acervo avaliado em milhões de euros.

A operação que conduziu à localização das pinturas resulta de "uma investigação contínua e em grande escala do Ministério Público italiano, conduzida pela equipa especializada da Guardia di Finanza, que investigava o crime organizado", informou o Museu Van Gogh.

Vincent van Gogh, View of the Sea at Scheveningen, 1882

Vincent van Gogh, View of the Sea at Scheveningen, 1882

Van Gogh Museum

O roubo dos dois quadros do pintor holandês, consideradas obras primas de valor incalculável, levantou acesa polémica sobre a segurança nos principais museus do Mundo. Os ladrões usaram uma escada para subir ao telhado do edifício e por aí aceder à principal sala de exposições, onde se encontravam os quadros.

Especialistas não conseguem explicar o modo como conseguiram chegar às pinturas, retirá-las das paredes, sem ser detetados pelos infravermelhos ou pelos guardas que vigiavam o edifício nessa noite de 6 para 7 de dezembro de 2002. Um mistério que continua por desvendar e que poderá vir a inspirar escritores e cineastas.

Vincent van Gogh, Congregation Leaving the Reformed Church in Nuenen, 1884 - 1885

Vincent van Gogh, Congregation Leaving the Reformed Church in Nuenen, 1884 - 1885

Van Gogh Museum

Nenhuma das obras tinha seguro e ambas pertenciam ao governo de Amesterdão, estando à guarda do museu. Dois cidadãos holandeses foram detidos pela autoria do assalto, mas sempre rejeitaram qualquer envolvimento.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.