sicnot

Perfil

Cultura

Câmara que fotografou Che Guevara vendida em leilão por 18.100 euros

© Ivan Alvarado / Reuters

A câmara do fotógrafo cubano Alberto Korda que tirou a famosa fotografia do guerrilheiro e ícone revolucionário Che Guevara, uma das imagens mais reproduzidas a nível mundial, foi vendida em leilão por 18.100 euros.

O valor registado pela máquina fotográfica Leica num leilão online superou significativamente as estimativas iniciais, que se situavam entre os cinco mil e os oito mil euros, segundo informou esta segunda-feira a plataforma de leilões na Internet Catawiki.

O leilão decorreu até ao passado dia 30 de setembro.

Fotógrafo oficial de Fidel Castro após a revolução cubana, Alberto Korda tirou o icónico retrato de Che Guevara - uma das principais figuras do processo revolucionário cubano em finais da década de 1950- a 05 de março de 1960, durante uma cerimónia em Havana.

O retrato ficou conhecido com o título "Guerrillero Heroico" e tornou-se um símbolo da luta contra a injustiça e a repressão utilizado atualmente em todo o mundo e estampado em sacos, t-shirts, bonés e bandeiras.

A máquina fotográfica estava até aos dias de hoje na posse da família de Korda, por ter sido uma das preferidas do fotógrafo e uma das mais utilizadas ao longo da sua carreira.

Korda morreu em 2001 na capital francesa, Paris, aos 73 anos.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".